PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Neymar e o seu provável posicionamento tático no PSG

Neto Ribeiro
12:43 | 03/08/2017
NULL (Foto: )
NULL (Foto: )

[FOTO1] Quando for concretizada a ida de Neymar para o PSG, o craque brasileiro terá um plantel de jogadores dispostos a lhe ajudar. Este, talvez, tenha sido um dos principais motivos que o tenha feito rumar para Paris. Que Neymar seria titular em qualquer clube do mundo isso não é novidade, mas como poderá ser utilizado no clube parisiense? Vamos explicar.

No Barcelona, ele formava um trio ao lado de Messi e Suárez, o MSN. Seu posicionamento tático, aberto pela esquerda, fazia com que o time tivesse uma válvula de escape eficiente e perigosa, com ampla liberdade para "abrir" pelo meio-campo e dar mais opções de infiltração pelo setor.

 

E é exatamente assim que ele jogará no PSG. Na temporada passada, a equipe de Paris tinha, no setor do campo, o revezamento entre Draxler e Di Maria, com Lucas vindo do banco de reservas e exercendo funções parecidas no setor.

 

Mas Di Maria e Draxler vêm de uma boa temporada e seria difícil tirá-los do time. E não necessariamente é preciso sacar os atletas. Di Maria pode ser deslocado para o meio-campo e formar uma trinca de qualidade e intensidade com Matuidi (como primeiro volante) e Verrati mais adiantados.

 

Draxler também pode fazer esta função, com o argentino aberto pela esquerda, no esquema 4-3-3, utilizado por Unai Emery na temporada passada.

 

4-2-3-1

 

O brasileiro ainda poderá jogar por dentro, sendo o homem mais próximo de Cavani, atuando como segundo atacante. Assim não haveria a necessidade do atleta cobrir a subida ofensiva do lateral adversário.

Portanto, no momento defensivo, ele poderia ficar a frente da segunda linha de quatro que seria formada por Matuidi, Verrati, Draxler (pela direita) e Di Maria (pela esquerda). Os dois últimos poderiam fazer a inversão de lados, até mesmo para confundir o adversário e criar movimentação no setor.

TAGS