PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Galiotte garante Mina em 2018 e explica renovações de Prass e Egídio

Yerry Mina não deixará o Palmeiras antes da Copa do Mundo da Russia em 2018. Em entrevista à ESPN, o presidente do Verdão, Mauricio Galiotte, explicou a situação contratual do colombiano, e ainda falou sobre as renovações em andamento com Fernando Prass e Egídio. Nos últimos dias, a imprensa espanhola noticiou que o Barcelona pode exercer [?]

08:15 | 23/08/2017

Yerry Mina não deixará o Palmeiras antes da Copa do Mundo da Russia em 2018. Em entrevista à ESPN, o presidente do Verdão, Mauricio Galiotte, explicou a situação contratual do colombiano, e ainda falou sobre as renovações em andamento com Fernando Prass e Egídio.

Nos últimos dias, a imprensa espanhola noticiou que o Barcelona pode exercer o direito de compra para adquirir Mina já em janeiro. O Barça tem uma cláusula para adquirir o defensor por 9 milhões de euros (R$33,5 milhões) ? caso outro clube faça uma oferta maior no período e que seja de interesse do Palmeiras, os catalães podem cobri-la. Galiotte, porém, deixou claro que o atleta segue até a metade de 2018 no Verdão.

?Eu estive na Espanha em fevereiro ou março, com o Mattos, nos reunimos com a cúpula do Barcelona porque no contrato do Mina o Barcelona tem prioridade na aquisição do atleta. Então, o fato é, se o Barcelona exercesse isso em julho, o Mina teria ido para o Barcelona. Então estivemos lá e prorrogamos isso em um ano, apenas para julho do ano que vem. Antes disso, só se o Palmeiras liberar?, disse o dirigente.

Recentemente, o meia Vitinho foi cedido por empréstimo ao Barcelona B, com valor de compra fixado em 15 milhões de euros (R$ 55,8 milhões). Ainda à ESPN, Galiotte explicou que a negociação não tem vínculo, apesar de os catalães terem demonstrado interesse pelo jovem na visita dos dirigentes do Alviverde à Espanha.

?Em relação a Fernando Prass e Egídio, a renovação nãos será nesse momento. Eu mesmo falei com o Prass, nós vamos sentar, mas não é o momento. Temos que concentrar no dia a dia e sair dessa situação ruim. Só para lembrar, o Egídio foi bicampeão brasileiro com o Cruzeiro e depois campeão de novo com o Palmeiras?, finalizou.

O goleiro alviverde terá nova sequência como titular da equipe de Cuca, já que Jailson sofreu uma ruptura no músculo do glúteo e não estimativa para retornar aos gramados. O problema é tão incomum que motivou o clube procurar especialistas nos Estados Unidos sobre o tema. Segundo o Verdão, são apenas três registros na literatura médica, mas não há nenhum registro em atletas.

Já Egídio vive momento conturbado no Palmeiras. O lateral foi apontado como um dos maiores culpados pela eliminação alviverde contra o Cruzeiro, pelas quartas de final da Copa do Brasil, que causou o pedido de demissão de Cuca, e ainda perdeu o pênalti decisivo que deixou o Verdão fora da Libertadores, contra o Barcelona de Guaiaquil.

Com a ala esquerda já definida, o Palmeiras volta a campo neste domingo, às 19h (de Brasília), em duelo contra a Chapecoense, no Palestra Itália. O time de Cuca é o quatro colocado e soma 33 pontos na tabela do Campeonato Brasileiro.

Gazeta Esportiva

TAGS