PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Fluminense minimiza crise vascaína

Embalado pela vitória de 2 a 1 sobre o Atlético-MG, que o colocou flertando com a zona de classificação para a Copa Libertadores, o Fluminense já está pensando no clássico do próximo sábado contra o Vasco, às 16h (de Brasília), no Maracanã, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. O momento vascaíno joga o favoritismo para [?]

13:45 | 23/08/2017

Embalado pela vitória de 2 a 1 sobre o Atlético-MG, que o colocou flertando com a zona de classificação para a Copa Libertadores, o Fluminense já está pensando no clássico do próximo sábado contra o Vasco, às 16h (de Brasília), no Maracanã, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. O momento vascaíno joga o favoritismo para o lado tricolor. Afinal de contas, após a derrota de 3 a 0 para o Bahia, o Cruz-Maltino, que está próximo da zona de rebaixamento e não ganha há cinco jogos, demitiu o técnico Milton Mendes.

Apesar dessa realidade, os tricolores não esperam vantagem com o mau momento rival, minimizado pelos lados das Laranjeiras. ?O momento do Vasco é algo que diz mais respeito ao próprio adversário, que com toda a certeza vai entrar em campo com o pensamento de dar seu melhor para interromper a série negativa. O Vasco tem qualidade e bons jogadores, portanto, não estamos esperando nenhum tipo de facilidade, muito pelo contrário. O Fluminense já percebeu que a competição exige o máximo em qualquer jogo?, disse o goleiro Júlio César.

O atacante Henrique Dourado pensa de maneira positiva. ?Não existe impacto da campanha do Vasco na nossa maneira de encarar a partida pela qualidade do adversário, e também pela certeza de que ele vai se empenhar ainda mais para ganhar o clássico. Cabe ao Fluminense conseguir encontrar uma maneira de ser superior ao longo dos noventa minutos e construir o resultado positivo. Não esperamos facilidades e vamos trabalhar com a seriedade exigida em um jogo desse porte?, disse o artilheiro.

O zagueiro Henrique lembrou que no primeiro turno o Vasco venceu por 3 a 2 em São Januário. ?No primeiro turno o Vasco conseguiu nos vencer em uma partida que chegamos a ficar na frente no marcador e levamos a virada. Isso já mostra um pouco dos perigos do nosso adversário e estamos nos preparando para um clássico complicado?, analisou o defensor.

Para este compromisso o Fluminense deve ter reforços. O técnico Abel Braga aguarda a regularização na CBF dos documentos do atacante Robinho, contratado após se destacar pelo Figueirense na Série B do Campeonato Brasileiro. O jogador é visto como o substituto ideal para Richarlison, que foi negociado com o Watford, da Inglaterra.

O meia equatoriano Junior Sornoza é outro jogador que deve ser utilizado, mas apenas no decorrer do confronto. O atleta está afastado dos gramados há mais de três meses por conta de uma cirurgia devido a uma fratura na perna esquerda. Ele seria relacionado diante do Galo, mas conversou com a comissão técnica e pediu para ser poupado pois se lesionou no primeiro turno justamente contra o Galo. Sornoza ainda não tem condições de voltar a jogar os noventa minutos, mas será lançado aos poucos no time para auxiliar Gustavo Scarpa na criação de jogadas. Além dos dois jogadores citados, o Fluminense deve contar com o volante Richard, contratado junto ao Atibaia (SP), e que deverá ter a documentação regularizada. Nesta quarta-feira o plantel se reapresentou para uma atividade regenerativa. Nesta quinta-feira o elenco treina pela manhã e um trabalho tático deverá começar a definir a escalação.

Gazeta Esportiva

TAGS