PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Coordenador do Boca dá curso de capacitação em escolinhas no Brasil

O Club Atlético Boca Juniors foi o primeiro a implementar escolinhas de futebol estrangeiras no Brasil. Percursores da ideia que inspirou Barcelona, Milan, entre outros, o clube argentino enviou seu coordenador técnico, José Malleo, além de uma grande equipe, para um processo de capacitação técnica de suas sedes brasileiras entre esta quarta e quinta-feira, na [?]

09:50 | 09/08/2017

O Club Atlético Boca Juniors foi o primeiro a implementar escolinhas de futebol estrangeiras no Brasil. Percursores da ideia que inspirou Barcelona, Milan, entre outros, o clube argentino enviou seu coordenador técnico, José Malleo, além de uma grande equipe, para um processo de capacitação técnica de suas sedes brasileiras entre esta quarta e quinta-feira, na cidade paulista de Santos.

Promovido pela empresa DFS Gol Business, responsável pela gestão das escolas estrangeiras do Boca, o curso tem a intensão de disseminar os métodos adotados pelas categorias de base xeneize, além de alinhar a padronização do que é feito na Argentina com o que é realizado aqui. O evento será dividido nas fases teórica e prática, com palestras, instruções pedagógicas e trabalhos dentro do gramado.

?Entendemos que a distância era uma dificuldade para que os nossos parceiros pudessem participar deste processo. Daí pensamos em trazer toda a programação para o Brasil, onde realizamos a primeira capacitação técnica no início deste ano e, agora, com a segunda edição?, comentou o diretor da DFS Gol Business, Carlos Júlio Pierin.

José Malleo acumula acessos à Primeira Divisão argentina. Há 19 anos no Boca, o treinador começou sua carreira em 1984, comandando a base do Rosário Central, clube com o qual se tornou profissional em 1994 e chegou à Série A. Ele repetiu o feito com Almagro e com o Defensa y Justicia, time que recentemente eliminou o São Paulo da Copa Sul-Americana.

Gazeta Esportiva

TAGS