PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Contestado pela torcida, Egídio promete jogar ?com alma e coração?

O Palmeiras já vendeu mais de 36 mil ingressos para o confronto com o Barcelona de Guaiaquil. Na véspera do duelo, marcado para as 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira, o contestado lateral esquerdo Egídio prometeu seguir os preceitos da torcida em busca da vaga nas quartas de final da Copa Libertadores. Contratado pelo Palmeiras em [?]

09:50 | 09/08/2017

O Palmeiras já vendeu mais de 36 mil ingressos para o confronto com o Barcelona de Guaiaquil. Na véspera do duelo, marcado para as 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira, o contestado lateral esquerdo Egídio prometeu seguir os preceitos da torcida em busca da vaga nas quartas de final da Copa Libertadores.

Contratado pelo Palmeiras em 2015, Egídio costuma ser criticado por sua vulnerabilidade na marcação, mas conta com o apoio de Cuca e virou dono da lateral esquerda. Repetidamente, o treinador pede maior tolerância das arquibancadas com o atleta.

?Eles têm que nos incentivar como estão fazendo, do começo ao fim. Sabemos que o apoio e a força que vêm do lado de fora nos ajudam e muito. É disso que precisamos do torcedor. Podem ter certeza que vamos jogar como diz o cântico: com alma e coração?, jurou Egídio, citando um dos hits das arquibancadas palestrinas.

A insatisfação da torcida com o lateral esquerdo aumentou depois da recente eliminação diante do Cruzeiro nas quartas de final da Copa do Brasil, marcada por um contra-ataque desperdiçado pelo próprio. Aos 31 anos, dono de três títulos brasileiros, o ex-cruzeirense lembrou a própria carreira ao ser questionado sobre as críticas do público.

?Não cheguei aqui à toa, cheguei como melhor lateral esquerdo do Brasil. Tenho diversos títulos e não foi em vão. Uma das coisas que faltam no meu currículo é o título da Libertadores. Então, podem ter certeza que vamos nos doar ao máximo para seguir adiante na Libertadores?, afirmou.

Como perdeu por 1 a 0 no Equador, o Palmeiras depende de uma vitória por dois gols de diferença para avançar. Uma escalação provável tem Jailson; Jean (Mayke), Mina, Luan e Egídio; Thiago Santos e Bruno Henrique; Roger Guedes, Guerra e Dudu; Deyverson.

?Jogamos em um time grande?, minimizou Egídio, sobre a pressão que envolve o confronto com Barcelona de Guaiaquil. ?O Palmeiras está acostumado a disputar decisões e nós, também. Então, chegamos preparados da melhor forma possível?, completou o lateral esquerdo.

Gazeta Esportiva

TAGS