Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

"Vim ao clube e país certos para me preparar para a Copa", diz Suárez em volta ao Nacional

Atacante de 35 anos retorna ao clube que o revelou, no Uruguai, de olho no Mundial do Catar e também por maior proximidade da família
16:27 | Jul. 31, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

O astro Luis Suárez garantiu estar convencido de ter feito a melhor escolha ao se transferir para o futebol uruguaio, onde vai jogar no Nacional, clube em que foi revelado há 17 anos.

"Estou convencido de que dei o passo certo na direção do clube certo e do país certo para me preparar para a Copa do Mundo", disse o jogador, neste domingo, 31, em entrevista ao time tricolor transmitida pela televisão.

O atacante de 35 anos, que até maio jogou pelo Atlético de Madrid, da Espanha, surpreendeu o mundo do futebol ao se transferir para uma das ligas mais limitadas economicamente da América do Sul, incentivado por uma enorme campanha montada nas redes sociais por torcedores tricolores.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Esse foi o grande catalisador para sua chegada. "Em nenhum momento priorizei o lado financeiro, porque senão já estava em outro país", disse Suárez, após revelar que recebeu várias ofertas.

"O que eu precisava era jogar e receber carinho, e nas últimas semanas o Nacional me deu isso. Eu precisava de carinho para chegar emocionalmente e futebolisticamente bem à Copa do Mundo", insistiu. "Houve ofertas impressionantes" em termos de salário, mas pensei "vou para a Turquia ou não sei para onde e me preparo para a Copa do Mundo, mas e a minha família?", questionou.

O maior artilheiro de todos os tempos da seleção uruguaia assegurou que apesar de ter vivido "dias complicados, de tristeza por não saber o que fazer", estão "felizes" desde que ele e sua família tomaram a decisão.

'El Pistolero' afirmou que o apoio de sua esposa e filhos foi fundamental para retornar ao seu país natal. "No Uruguai está sua irmã, sua sobrinha, suas melhores amigas de infância (referindo-se a sua esposa, Sofía Balbi) e no futebol você pode ir bem, pode ir mal, mas estou convencido de que dei o passo certo".

Suárez também falou do incentivo dado a ele por alguns de seus amigos jogadores, como o craque argentino Lionel Messi. "Leo me desejou tudo de melhor. Ele me disse 'você vai estar com a família, você vai estar perto de seus entes queridos, você vai estar em seu país, não era algo que você havia planejado (para agora), mas o destino está escrito'".

O jogador também disse que sua chegada provavelmente atrairá mais olhos para o futebol uruguaio, e é uma boa oportunidade para "dar um exemplo" de comportamento nas arquibancadas.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar