Participamos do

Fortaleza bate a Chape em jogo de reviravoltas e se mantém firme no G-3 da Série A

TRIUNFO. Tricolor bate a Chape fora de casa, se mantém em terceiro e iguala pontuação do Flamengo, segundo colocado da Série A
08:37 | Out. 17, 2021
Autor Lucas Mota
Foto do autor
Lucas Mota Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Fortaleza visitou a Chapecoense e venceu o lanterna da Série A por 2 a 1, na noite deste sábado, 16, na Arena Condá-SC, em jogo marcado por reviravoltas. O resultado mantém os cearenses na terceira posição com 45 pontos, igualando a pontuação do segundo colocado, o Flamengo, que enfrenta o Cuiabá neste domingo, 17.

Os gols do Tricolor saíram dos pés de Bruno Melo e Yago Pikachu, enquanto o Verdão balançou as redes com Rodriguinho.

Apesar da vitória contra o lanterna do Brasileirão, o Fortaleza não teve jogo fácil. Pelo contrário. Por pouco, a equipe não desperdiçou pontos importantes diante do adversário mais frágil em uma partida que ganhou emoção na reta final do segundo tempo.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Na primeira etapa, os visitantes abriram o placar aos 5 minutos com Bruno Melo e tiveram o controle da partida. A equipe do Pici poderia ter até ampliado, mas desperdiçou as chances criadas.

O duelo que parecia tranquilo e confortável para o Fortaleza começou a ganhar outro roteiro quando Marcelo Benevenuto falhou defensivamente. O zagueiro se atrapalhou com a bola e foi desarmado por Rodriguinho, que avançou e bateu na saída do goleiro Felipe Alves.

A Chape voltou melhor no segundo tempo e ficou mais próxima de movimentar o placar do que o rival cearense nos minutos iniciais. No decorrer do confronto, as chances foram se equilibrando para os dois lados.

O Leão chegou a marcar o segundo com Bruno Melo, de cabeça, mas o árbitro Zandick Gondim, com auxílio do VAR, anulou após assinalar impedimento de Tinga na jogada.

O VAR voltou a ser decisivo nos acréscimos da partida. Os catarinenses viraram o duelo com golaço de Kaio Nunes. Entretanto, mais uma vez com auxílio do VAR, o árbitro anulou o gol e marcou pênalti para o Fortaleza por toque de mão de Moisés Ribeiro dentro da área no início da jogada.

Yago Pikachu cobrou com maestria - depois mandou beijo para a torcida que o provocava e recebeu amarelo - e colocou o clube do Pici à frente no placar para conquistar a terceira vitória consecutiva fora de casa.

A oscilação do Fortaleza contra a Chape merece atenção de Vojvoda nos próximos dias, na preparação para o jogo diante do Atlético-MG, na Copa do Brasil. Em campanha histórica na competição, o time cearense encara o Galo na semifinal, na quarta-feira, 20, em Belo Horizonte. Uma falha como esta de Benevenuto, que não pode disputar o torneio pelo Leão por ter atuado pelo Botafogo, pode custar a classificação.

Além disso, a equipe comandada por Vojvoda não poderá se dar ao luxo de diminuir o ritmo contra um rival tão perigoso, que conta com atacantes do calibre de Hulk, Diego Costa e Keno.

A delegação tricolor desembarca hoje em Belo Horizonte em viagem de voo fretado para diminuir o desgaste para os atletas antes da semifinal. Amanhã está prevista a representação do grupo com treino na Toca da Raposa, o centro de treinamento do Cruzeiro.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags