Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Com público, Caxias-RS e União-MT buscam vaga nas quartas da Série D

10:09 | Set. 25, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O fim de semana marca o começo da briga por um lugar nas quartas de final da Série D do Campeonato Brasileiro, com os jogos de ida das oitavas de final. Neste sábado (25), a TV Brasil transmite ao vivo, às 16h (horário de Brasília), a partida entre Caxias-RS e União Rondonópolis-MT, que se enfrentam no estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS).

O duelo terá presença de torcida. O Caxias anunciou na última quarta-feira (22) que conseguiu aprovar a documentação para liberar até 2,5 mil espectadores no estádio, limite determinado pelo governo estadual. Segundo o clube grená, será autorizada a entrada apenas de associados em dia, sem venda de ingresso. O espectador deve levar um documento oficial com foto e comprovantes de vacinação contra o novo coronavírus (covid-19) ou de teste com resultado negativo para o vírus, além da carteirinha de sócio. O Centenário não recebe público desde 29 de fevereiro do ano passado, há 574 dias, quando a equipe da casa empatou por 1 a 1 com o Internacional pelo segundo turno do Campeonato Gaúcho.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A partida de volta será no sábado que vem (2 de outubro), às 16h (de Brasília), no estádio Luthero Lopes, em Rondonópolis (MT), que também receberá torcedores. Foram liberadas 4,2 mil entradas, sendo que um primeiro lote, de 500 ingressos, começou a ser vendido na quarta. O União teve apoio de 162 espectadores ao receber o Boa Esporte-MG, no primeiro jogo do confronto pela segunda fase (vitória por 2 a 0). Na ocasião, o Tourão do Cerrado, como o clube é conhecido, comercializou entradas amparado por uma liminar junto ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), pois já tinha autorização de autoridades locais para o retorno parcial da torcida.