}else{}
Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Série C: Ituano supera Criciúma e passa rival na tabela do Grupo B

Autor - Agência Brasil
Foto do autor
- Agência Brasil Autor
Tipo Notícia

O Ituano levou a melhor sobre o Criciúma em confronto direto pela terceira posição do Grupo B da Série C do Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira (4), o Galo Rubro-Negro venceu por 3 a 0 no estádio Novelli Júnior, em Itu (SP), pela décima rodada.

O final do jogo foi tumultuado, com a expulsão dos goleiros de ambas as equipes nos acréscimos da segunda etapa. O primeiro a receber o cartão vermelho foi Gustavo, do Criciúma, em confusão com jogadores do Ituano. O arqueiro dos anfitriões, Pegorari, também foi colocado para fora. Como haviam feito todas as alterações, os times precisaram improvisar atletas de linha na meta nos últimos oito minutos de bola rolando.

Antes da confusão, o Ituano já tinha aberto 2 a 0 no marcador. Aos sete minutos do primeiro tempo o meia Jorge Jiménez acertou uma bomba no ângulo de Gustavo, inaugurando o placar. Aos 35 da etapa final, o atacante Fernandinho aumentou a vantagem do Galo. Nos acréscimos, já depois das expulsões, o lateral Helder cometeu pênalti no atacante Marcelo. Fernandinho cobrou e deslocou Claudinho (lateral improvisado no gol dos catarinenses) para definir o marcador.

A vitória levou o Ituano ao terceiro lugar do Grupo B, com 19 pontos, dois a mais que o Criciúma, que desceu para quarto. A chave tem o Ypiranga-RS na ponta, com 20 pontos, seguido pelo Novorizontino, que soma a mesma pontuação do Galo, mas fica à frente pelo saldo de gols (seis a dois).

Novorizontino e Ituano, aliás, enfrentam-se neste sábado (7), às 17h (horário de Brasília), no estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte (SP), pela 11ª rodada. O Criciúma busca a reabilitação na segunda-feira (9), às 20h, diante do São José-RS, no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC).

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Athletico-PR segura Atlético-GO fora de casa e segue na Copa do Brasil

Esportes
21:55 | Ago. 04, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Athletico-PR segurou o Atlético-GO no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, para levar a melhor no confronto rubro-negro das oitavas de final da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira (4), o Furacão e o Dragão empataram em 2 a 2, resultado que beneficiou os paranaenses, que tinham vencido o jogo de ida, há uma semana, por 2 a 1.

Fortaleza vence CRB novamente e avança às quartas da Copa do Brasil

Esportes
19:26 | Ago. 04, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Fortaleza está classificado às quartas de final da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira (4), o Leão do Pici derrotou o CRB por 1 a 0 no estádio Rei Pelé, em Maceió, na partida de volta do confronto pelas oitavas de final da competição. Os cearenses tinham a vantagem do empate, já que venceram o jogo de ida por 2 a 1, na Arena Castelão, em Fortaleza.

Com oito da LNF, seleção masculina de futsal é convocada para Mundial

Esportes
18:58 | Ago. 04, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O técnico Marquinhos Xavier anunciou nesta quarta-feira (4) a convocação da seleção brasileira masculina de futsal para o Campeonato Mundial da modalidade, que acontece entre 12 de setembro e 3 de outubro na Lituânia. Dos 16 jogadores chamados pelo treinador, oito atuam na Liga Nacional de Futsal (LNF), que é transmitida ao vivo pela TV Brasil aos domingos, sempre às 11h (horário de Brasília).

Atual campeão nacional, o Magnus Sorocaba-SP teve quatro convocados e é o time com mais representantes na lista: o goleiro Djony, o fixo Rodrigo e os alas Leozinho e Leandro Lino. O Joinville-SC possui dois integrantes na seleção: o goleiro Willian e o pivô Dieguinho. Do Corinthians-SP, vice da LNF em 2020, foi chamado o ala Lê. Maior vencedor da Liga, o Carlos Barbosa-RS marca presença com o pivô Rocha, que estava no Sporting (Portugal) e foi contratado recentemente.

Os demais convocados jogam na Europa. Cinco vêm da liga espanhola, sendo três do Barcelona: o ala Dyego e os fixos Ferrão e Pito. Além deles, o fixo Marlon (Palma) e o ala Gadeia (Elpozo) atuam na Espanha. O goleiro Guitta (Sporting) e o ala Arthur (Benfica) estão no Campeonato Português. Já o ala Bruno defende o Ukhta (Rússia).

O Brasil é o maior campeão mundial de futsal, com cinco títulos. O último foi conquistado em 2012, na Tailândia, com vitória na prorrogação sobre a Espanha na decisão. Guitta e Rodrigo fizeram parte daquele elenco, e também do que disputou a edição seguinte, quatro anos depois, quando o time canarinho foi surpreendido nos pênaltis pelo Irã nas oitavas de final. Além deles, Dyego e Dieguinho também integraram o escrete de 2016.

“Temos que ser humildes, sabemos que os países evoluem. Por outro lado, temos uma hegemonia a defender, que é a história do nosso futsal. Temos uma equipe extremamente capacitada para buscar esse título. Estamos indo com esse desejo de trazer esse título para o Brasil, mas sempre respeitando o crescimento dos outros países. Temos fortes concorrentes. A nossa missão é nos concentrar naquilo que temos que fazer, na nossa capacidade de desenvolver um grande futsal e trazer, mais uma vez, essa importante conquista”, disse Xavier em entrevista coletiva nesta quarta.

A seleção brasileira foi sorteada no Grupo D do Mundial, junto de República Tcheca, Panamá e Vietnã. Atual campeã, a Argentina está no Grupo F, com Estados Unidos, Sérvia e Irã.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Olimpíada: em treze dias, Brasil soma 15 medalhas, sendo 4 de ouro

Esportes
16:14 | Ago. 04, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Vôlei feminino

Invicta, a seleção brasileira de vôlei feminino venceu mais uma partida nesta quarta-feira (4), contra o Comitê Olímpico Russo (ROC, na sigla em inglês) por 3 sets a 1, e avançou às semifinais da Olimpíada de Tóquio. A partida teve parciais de 23/25, 25/21, 25/19 e 25/22. O confronto aconteceu na Arena de Ariake, na capital Tóquio.

Na próxima fase, a seleção brasileira vai duelar com a Coreia do Sul, que já perdeu para o Brasil na fase de grupos por 3 sets a 0. O confronto será na sexta-feira (6) ainda sem horário definido.


 Brasil bate Comitê Olímpico Russo: 3 a 1
Brasil bate Comitê Olímpico Russo por 3 sets a 1 - REUTERS/Carlos Garcia Rawlins

Maratona aquática

A brasileira Ana Marcela Cunha conquistou a medalha de ouro na prova dos 10 quilômetros (km) da maratona aquática da Olimpíada de Tóquio (Japão). Ela venceu a prova nesta terça-feira (3) na Marina de Odaiba com o tempo de 1h59min30s8.

Na carreira, a baiana de 29 anos já foi eleita seis vezes a melhor atleta do mundo em maratonas aquáticas. Além disso, ela é tetracampeã mundial em provas de 25 km (2011, 2015, 2017 e 2019) e campeã pan-americana em Lima (2019) na prova de 10 km.

Com a medalha de Marcela, o Brasil bate recorde com oito mulheres medalhistas, até o momento, nesta edição das Olimpíadas. Em 2008, nos Jogos de Pequim, o país obteve sete medalhas conquistas por atletas mulheres.

Olimpíada, Tóquio 2020, Ana Marcela Cunha, maratona aquática
Ana Marcela Cunha conquistou ouro maratona aquática - Jonne Roriz/COB/Direitos reservados

Pentatlo

Única representante do pentatlo brasileiro na Olimpíada de Tóquio, a carioca Iêda Guimarães, de 20 anos, começa nas próximas horas sua caminhada em busca da segunda medalha olímpica do país na modalidade. A primeira veio com a pernambucana Yane Marques, de bronze, nos Jogos de Londres (2012).

 A partir de 1h (horário de Brasília) desta quinta-feira (5), Iêda Guimarães estreia nos Jogos de Tóquio disputando a prova da esgrima, a primeira das cinco que compôem o pentatlo. Todas as demais ocorrerão na sexta (6), a partir das 2h30: natação (200 metros livre), hipismo e a prova combinada de tiro e corrida (800 m).

Iêda Guimarães - atleta do pentatlo durante as competições do pentatlo moderno nos Jogos Olímpicos da Juventude Buenos Aires 2018.
Iêda Guimarães compete na madrugada desta quinta-feira - Danilo Borges/rededoesporte.gov.br/Direitos Reservados

Vôlei de praia

Os brasileiros Alison e Álvaro Filho foram eliminados do torneio de vôlei de praia, após serem derrotados por 2 sets a 0 (parciais de 21/16 e 21/19) por Martin Plavins e Edgar Tocs, da Letônia, na noite de ontem no Parque Shiokaze.

Assim, o Brasil não tem mais representantes no vôlei de praia, após as eliminações de Bruno e Evandro, nas oitavas de final do masculino, de Ágatha e Duda, nas oitavas do feminino, e de Ana Patrícia e Rebecca, nas quartas do feminino.

vôlei de praia, Alison e Álvaro Filho, tóquio 2020, olimpíada
Com a eliminação de Alison e Álvaro, Brasil não tem mais representantes no vôlei de praia - Gaspar Nóbrega/COB/Direitos Reservados

Atletismo

felipe dos santos, decatlo, atletismo, tóquio 2020, olimpíada
Felipe dos Santos anotou 14,13m no arremesso de peso- Reuters/Andrew Boyers/Direitos Reservados

O destaque brasileiro no Estádio Olímpico na noite desta terça-feira nas provas do atletismo da Olimpíada de Tóquio foi o atleta Felipe dos Santos. No decatlo, ele participou dos 100 metros (m) rasos e fechou com 10s58, somando 956 pontos. No salto em distância, ele alcançou 7,38m e adicionou outros 905 pontos. Na terceira e última prova do dia, o arremesso de peso, ele anotou 14,13m, somando mais 736 pontos, e encerrou o dia na décima segunda colocação.

O atletismo olímpico teve um dia incrível, ontem, com quebra de recordes. A pista rápida de Tóquio e a tecnologia de calçados de carbono foram responsáveis, segundo especialistas, pelo desempenho do atletismo nesta edição dos Jogos Olímpicos.

Skate

O Brasil chegou à final feminina do skate park, mas Dora Varella e Yndiara Asp ficaram fora do pódio, na madrugada desta quarta-feira (4) no Parque de Esportes Urbanos de Ariake.

Entre as oito participantes da grande decisão, Dora Varella ficou na 7ª posição, com 40,42 pontos que alcançou em sua primeira volta. Já Yndiara Asp terminou na última posição, com 37,34 pontos.

Pentatlo moderno: Iêda Guimarães estreia em Tóquio nesta madrugada

Esportes
15:12 | Ago. 04, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Única representante do pentatlo brasileiro na Olimpíada de Tóquio (Japão), a carioca Iêda Guimarães, de 20 anos,  começa nas próximas horas sua caminhada em busca da segunda medalha olímpica do país na modalidade. Lá se vão nove anos desde que a pernambucana Yane Marques fez história ao conquistar o bronze nos Jogos de Londres (2012).

 A partir de 1h (horário de Brasília) desta quinta-feira (5), Iêda Guimarães estreia nos Jogos de Tóquio disputando a prova da esgrima, a primeira das cinco que compôem o pentatlo. Todas as demais ocorrerão na sexta (6), a partir das 2h30: natação (200 metros livre), hipismo e a prova combinada de tiro e corrida (800 m).

"Sempre tive o sonho de disputar os Jogos Olímpicos. Aqui em Tóquio, quero fazer uma boa prova porque a medalha será consequência disso. E, claro, aproveitar bastante esse momento que estou vivendo”, disse a atleta em depoimento ao Comitê Olímpico do Brasil (COB). 

A brasileira garantiu a vaga olímpica há dois anos, com a quarta colocação nos Jogos Pan-Americanos de Lima (Peru). Antes, em 2018, Iêda faturou o bronze na disputa individual e o ouro no revezamento misto nos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba (Bolívia).

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags