PUBLICIDADE
ACIDENTE

Relatório revela que piloto cometeu 'erros básicos' no voo que transportava atacante Sala

15:18 | 25/02/2019
Foto: AFP
Foto: AFP(Foto: Foto: AFP)

As investigações sobre a queda do avião N264DB da Piper Malibu que transportava o atacante Emiliano Sala continuam e, nesta segunda-feira, 25, um relatório provisório foi divulgado pela Agência de Investigação de Acidentes Aéreos (Air Accidents Investigation Branch, em inglês). Nele contém fotos do destroços no fundo do mar, além de informações dos momentos que antecederam o acidente. 'Erros básicos' do piloto antes da decolagem também são relatados.

Segundo o relatório, o avião só poderia voar em boas condições climáticas, mas o piloto decolou rumo a uma tempestade de inverno, que costumam ser fortes no Reino Unido e parte da Europa. David Ibbotson, por sua vez, não tinha licença para transportar passageiros e que não conseguiu sua permissão para comandar voos comerciais.

Foto de destroços do avião no fundo do mar (Foto: Divulgação/AAIB)
Foto de destroços do avião no fundo do mar (Foto: Divulgação/AAIB) (Foto: (Foto: Divulgação/AAIB))

Já na viagem, o piloto se queixou à torre de controle da má visibilidade. Por isso, acabou descendo um total de quatro vezes nos últimos 15 minutos do voo. Segundos antes do encontro com o mar, o piloto fez movimentos de 'iôiô', ao subir e descer mais de uma vez seguida. Além disso, a AAIB informou no relatório que a viagem não foi feita em linha reta e serpenteou em determinados momentos antes de perder altitude. Ao atingir a água, a aeronave se partiu em três e chegou ao fundo do mar.

O Mail Online, portal do tablóide inglês Daily Mail, havia revelado que o motor do avião era suscetível à congelamentos. Especialistas acreditam que o motor pode ter congelado e isso pode ter dado ao piloto uma falsa leitura da altitude. O relatório, por sua vez, não indica as causas do acidente. "A investigação continua a examinar todos os pertinentes operacionais, técnicos, organizacional e fatores humanos que podem ter contribuídos para o acidente", acrescenta a AAIB.

RELEMBRE O ACIDENTE

Contratado por um valor recorde de £ 15 milhões pelo Cardiff City, do País de Gales, mas que disputa a Premier League na Inglaterra, Emiliano Sala saia de Nantes rumo à capital galesa no último dia 21 de janeiro. Minutos depois da decolagem, o avião perdeu contato com a torre de controle e caiu. Dias depois o corpo do jogador foi encontrado e já velado, mas até agora o do piloto David Ibbotson ainda não foi achado.

Gerson Barbosa