PUBLICIDADE
MasterChef
GASTRONOMIA

14 competidores do Masterchef Profissionais Brasil 2018 são definidos

A fase seletiva foi encerrada com quatro provas decisórias e uma de repescagem. Outros oito cozinheiros ganharam a dólmã e a chance de ganhar a competição

10:35 | 29/08/2018
(Foto: Carlos Reinis/Band)
Os 14 participantes da terceira temporada do Masterchef Profissionais Brasil foram definidos na última terça-feira, 28. A fase seletiva foi encerrada com quatro competições entre duplas e quartetos e uma repescagem. No último episódio, seis cozinheiros já haviam recebido a dólmã. Agora, outros oito receberam a oportunidade de ser o Masterchef Profissional Brasil 2018.
 
No primeiro embate, Paulo, Jonatan, Rodrigo e Daniel tiveram que fazer uma prova regional. Paulo se voluntariou a sortear que prato deveriam fazer uma releitura. O escolhido foi a galinhada com pequi do Centro-Oeste. Paulo e Daniel levaram a dólmã após fazerem galinhadas mais bem representadas, depois de uma prova acirrada.
 
Em seguida, Alessandro e André tiveram o desafio de fazer um prato italiano sem massa. Alessandro apostou em um ossobuco na panela de pressão com risoto de açafrão-da-terra. André se saiu melhor com seu minestrone (sopa clássica italiana) e conseguiu entrar na competição. Na terceira prova, as duas veganas Adriana e Mariana tiveram que preparar um steak au poivre. As cozinheiras trocaram a carne por alcachofra e mandioquinha, respectivamente. Apesar de ter feito “o pior  poivre” que Jacquin já comeu, Adriana levou a melhor por fazer um prato que pelo menos lembrava um poivre.
 
A última prova antes da repescagem desafiou Simone, Manoela, Marcela e Pedro Godoyn a preparar um peixe dourado. Garantiram a vaga Simone, com um peixe em três texturas, e Marcela, que apesar do preparo simples, conseguiu valorizar o pescado. A repescagem trouxe Getúlio, Rodrigo, Mariana e Manoela. Eles tiveram que preparar para 30 pessoas um menu de três cursos (cada um com duas opções) em 2h30min. Manoela conseguiu tomar a liderança e agradar o público apesar da desorganização e conseguiu a última dólmã. 
 
Redação O POVO Online