PUBLICIDADE
Divirta-se

"Um garoto muito decidido", diz pai de modelo cearense que foi para o BBB18

O empresário já foi modelo e morou em vários países. Agora, faz de morada a casa mais vigiada do País

13:55 | 22/01/2018
NULL
NULL

[FOTO1]

O pai de Lucas Fernandes, o representante comercial Fernando Porto Fernandes, encontrou dificuldades em descrever o filho. A conversa foi por telefone, mas quase deu para sentir o sorriso com a tentativa. Definiu, por fim, o empresário como um “garoto muito decidido”. “Ele sempre foi uma pessoa centrada, que tem um objetivo na vida: vencer”. O pai conta que Lucas, o filho mais novo da família, nunca deu trabalho e que já nasceu “bonitinho”, atributo que permitiu a ele uma carreira internacional de modelo.


Lucas Fernandes, juntamente com a funcionária pública Patrícia Leitte, são os cearenses confirmados no Big Brother Brasil 2018. É dono de um restaurante especializado em carne na Capital, mas começou sua vida profissional com apenas 18 anos como modelo. Não demorou muito para ele ir para o mundo, começando a carreira em Xangai, na China, e passando por lugares como Nova York e Los Angeles. A bagagem cultural que ele carrega é troféu que ele acredita ajudar durante sua estadia na casa do BBB18.


[FOTO2]“O Lucas é um empreendedor. Menino bom, menino família e que continua no caminho certo”, descreve o pai, orgulhoso. “A gente continua unido, a gente é família”, afirma. Fernando conta que, mesmo com a vida profissional corrida, a família tira um tempo para ficar junta. Seja em um “bom dia, pai” corrido ou em conversas demoradas na cozinha de casa, a relação entre os dois é presente. A saudade, que se tudo der certo só acaba em em abril, será sanada pela transmissão 24 horas do BBB na casa dos Fernandes.

 


Para o músico Hugo Lage, a entrada de um de seus amigos mais antigos no reality show ainda é algo estranho. “Tô até nervoso. ‘Ele é meu amigo, o que está fazendo ali?’”, brinca sobre como irá reagir quando ver Lucas pela primeira vez na TV. Ele diz que conhece o brother desde sua sétima série e que a amizade de colégio é “para a vida toda”.


Na escola, conta que Lucas era da “galera do fundão” e que se divertiam muito àquela época. Revela até que, durante o terceiro ano do Ensino Médio, a coordenação teve que separar o grupo para evitar bagunça. A música também estava presente nas ocupações de sua adolescência. “A gente tinha uma banda, ele tocava guitarra. Às vezes a gente ia no estúdio, tirava uma música e tocava o dia todo”, lembra.


O amigo não duvida do sucesso de Lucas entre a audiência. “Ele é muito carismático, tem personalidade muito forte, o carisma exala”. Ele acredita que o sucesso nas redes sociais ajudou o empresário a atingir seu objetivo de entrar no Big Brother Brasil.


Para Hugo, a entrada do amigo na casa foi uma surpresa. Para Fernando, que acompanhou todo o processo “sofrível” de seleção, uma alegria. A torcida entre ambos é comum. “Estamos torcendo por ele. E ele vai ganhar, eu tenho certeza”, espera o pai.

 

TAGS