Participamos do

The Masked Singer Brasil: veja entrevista com Sandra de Sá, o Girassol

O Girassol do "The Masked Singer Brasil" é a cantora Sandra de Sá. Na última terça-feira, dia 21, o Girassol foi desmascarado, após perder o combate final para a Arara
14:41 | Set. 23, 2021
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Girassol do "The Masked Singer Brasil" é a cantora Sandra de Sá. Na última terça-feira, dia 21, o Girassol foi desmascarado, após perder o combate final para a Arara, cantando "As rosas não falam", de Cartola.

“Foi a maior emoção da minha vida. Depois do nascimento do meu filho, foi o momento mais intenso e mais tranquilo. Foi a coisa mais linda! Não sei explicar a emoção que eu senti. As pessoas saberem que eu sou eu é muito forte. E não só pela voz, mas tinha gente que falava do jeitinho do braço, de toda expressão corporal. Eu acho que é uma questão de amor. É isso! Eu vejo muito amor em tudo isso”, conta Sandra.

"The Masked Singer Brasil" é uma coprodução TV Globo e Endemol Shine Brasil e tem supervisão artística de Adriano Ricco (TV Globo) e direção artística de Marcelo Amiky (Endemol Shine Brasil). Com apresentação de Ivete Sangalo, com Camilla de Lucas nos bastidores, o reality vai ao ar às terças-feiras na TV Globo, após Império, e também é exibido no Multishow, às quartas-feiras. Confira entrevista com Sandra de Sá.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

- Conta um pouco da experiência de participar do ‘The Masked Singer Brasil’?
Sandra de Sá: É uma coisa muito incrível. Eu só sei explicar que me fez muito bem poder participar de uma coisa tão importante neste momento que todo mundo está estranho por conta da pandemia. E trouxe um alento para os corações. Um respiro para as pessoas e para os próprios artistas que participaram. É muito lindo a gente lidar e respeitar uma pessoa que a gente não sabe quem é. Eu estou muito leve. Estou cheia de asas...

- Como foi vestir a fantasia pela primeira vez? A fantasia foi o maior desafio para você?
Sandra de Sá: Eu já avisei à produção que a parte de baixo da fantasia eu quero para mim. Foi um desafio grande e eu estou muito orgulhosa do que eu fiz. Vestir a fantasia pela primeira vez foi um encantamento incrível, ainda mais quando entrei no palco.

- E o repertório? Como foi feita a escolha?
Sandra de Sá: Eu sugeri algumas músicas e sempre falava que eu não queria sair do programa sem cantar ‘Eu quero botar meu bloco na rua’. No dia em que a produção avisou que eu ia cantar essa música, falei: ‘Missão cumprida’.

- Como é ver todo mundo e não ser visto?
Sandra de Sá: É essa sensação de você escancarar seu coração para as pessoas e sentir o que estar acontecendo. Foi uma experiência incrível! Sentir isso tudo sem precisar falar nem tocar ninguém. Eu quero muito que todo mundo tenha sentido o quanto que o sentimento é importante. Ele não tem cor, não tem cara e nem estética. E te invade, arrepia, faz os olhos encherem de água. É incrível.

- Como foi para você ser reconhecida pelo seu jeito, pela seu expressão corporal?
Sandra de Sá: Foi a maior emoção da minha vida. Depois do nascimento do meu filho, acho que foi o momento mais intenso e mais tranquilo. A coisa mais linda! Não sei explicar a emoção que eu senti. As pessoas saberem que era eu é muito forte. E não só pela voz, mas tinha gente que falava do jeitinho do braço, de toda expressão corporal. Eu acho que é uma questão de amor. É isso! Eu vejo muito amor em tudo isso. E desde o começo as pessoas sabiam que era eu. Nos últimos tempos eu não me lembro de ter experimentado uma emoção tão forte. Eu estou até agora emocionada com todo mundo que deixou recado para mim nas redes sociais.

- E entrando no bolão, tem suspeita de quem sejam os outros participantes?
Sandra de Sá: Eu tenho! Eu estou torcendo para todos. Mas o Jacaré e o Astronauta são meus preferidos.

Comunicação Globo

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags