PUBLICIDADE
Entrevista

Carlinhos Maia e noivo desabafam sobre preconceitos enfrentados antes de se assumirem gays

Durante o papo com Danilo Gentili, o casal, que revelou o relacionamento há quase dois meses, desabafou sobre como conseguiu lidar com a homofobia internalizada e externalizada durante o tempo em que os dois não eram assumidamente gays

23:53 | 21/03/2019
Carlinhos Maia e Lucas Guimarães dão entrevista ao programa
Carlinhos Maia e Lucas Guimarães dão entrevista ao programa "The Noite", comandado por Danilo Gentili(Foto: Divulgação/SBT)

Juntos há quase 10 anos, Carlinhos Maia e Lucas Guimarães abriram o coração durante entrevista para o "The Noite", comandado por Danilo Gentili, exibido nessa quarta-feira, 20. Durante o papo com o apresentador, o casal, que revelou o relacionamento há quase dois meses, desabafou sobre como conseguiu lidar com a homofobia internalizada e externalizada durante o tempo em que os dois não eram assumidamente gays.

"Eu me assumi tem pouco tempo, quando o Carlinhos também se assumiu. Era medo, receio. Era muita informação chegando. Quando chegava na casa do Carlinhos, eu fingia que nada acontecia porque achava que ele não queria comprar essa briga", iniciou Lucas. "Meus pais nunca se beijaram na minha frente, então como vou fazer isso na frente deles? Eu ainda tenho preconceito, mas meus amigos estão me ajudando. Deixei para me assumir quando construí tudo, para olhar na cara de quem nos rejeitava e dizer: 'hoje nós temos muito mais que vocês e somos gays'", continuou.

Logo em seguida, Carlinhos contou sobre o dia em que conheceu o noivo e percebeu que o que sentia era muito mais que atração. "Eu conheci o Lucas quando trabalhava na lan house de meu tio. Eu não era 'abaitolado' na época, estava lutando com todas as minhas forças contra isso. Eu era todo travado", disse.

"Ser gay não é opção. Eu sabia que sentia atração [por homens] e o Carlinhos me fez despertar isso. Eu só ficava com mulheres, mas quando eu via o Carlinhos e estava com a minha namorada, eu soltava a mão dela. Mesmo namorando com meninas, eu sabia que era incompleto", explicou Lucas.

Na entrevista, Carlinhos também explicou sobre as dificuldades que enfrentou até conseguir se assumir. Para ele, o fato de ser de uma cidade pequena, ainda com valores antigos, no interior do Nordeste, acabou dificultando ainda mais esse processo. "É uma desconstrução. Eu vim de uma cidade pequena e lá até pra ser 'viado' tem que ser 'viado macho'", conta o humorista.

Carlinhos, contudo, afirma não ter paciência com críticas que vem enfrentando dentro da comunidade LGBTQI+ desde que se assumiu, devido alguns posicionamentos. "Os desconstruídos das grandes capitais acham que vou chegar aqui com meu texto pronto. Eu não entendo porra nenhuma. Eu sei no meu c*. Eu quero aprender com vocês e vou errar. Quero que me mostre como são bons. Quando vocês me atacam, estão atacando a vocês mesmo. Eu sou um de vocês, só que diferente", desabafou.

Com data de casamento marcada para o dia 25 de maio, Lucas afirma que, se depender dele, a relação dos dois durará para a vida inteira. "Ele foi o primeiro e único homem com quem me relacionei nesses 10 anos. Nosso amor é muito verdadeiro porque surgiu do nada e deu certo. As pessoas que mais apontavam o dedo pra gente são as que a gente mais ajuda hoje", finalizou.

Você também pode gostar:

Redação O POVO Online