PUBLICIDADE
Fortaleza
Praça Murilo Borges

Cabine da PM no Centro é incendiada

Polícia suspeita de que traficantes teriam dado gasolina a um morador de rua, que teria feito a ação

09:47 | 18/03/2017
* Atualizada às 11h55
 
Em chamas, a imagem mostra a cabine da Polícia Militar destruída na madrugada
A cabine da Polícia Militar foi incendiada durante a madrugada
Uma cabine da Polícia Militar, localizada na Praça Murilo Borges, no Centro de Fortaleza, foi incendiada durante a madrugada deste sábado, 18. Segundo o major Ideraldo Beline, comandante da 3ª Companhia do 8º Batalhão da PM, câmeras de segurança flagraram a ação de um morador de rua, que jogou gasolina no equipamento e ateou fogo. O suspeito está foragido.
 
A cabine ficou completamente destruída. A Polícia investiga quem teria fornecido o combustível ao morador de rua. "Pela minha experiência, é possível dizer que traficantes possam ter dado a gasolina, mas vamos investigar e apurar os fatos", disse o major.
 
A ação do morador de rua foi flagrada por câmaras de segurança de lojas vizinhas à praça, onde é localizado o prédio da Justiça Federal.
 
Em nota enviada por meio da assessoria de comunicação, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social informou que os órgãos de Segurança do Estado estão trabalhando visando elucidar os dois casos e uma tentativa de incêndio contra transportes coletivos e a uma cabine da Polícia Militar ocorridos. As diligências policiais visam a identificação e captura dos suspeitos e se desdobram ainda no sentido de evitar novos delitos. 

As investigações estão ao cargo da Delegacia de Repressão às Ações Crimonosas Organizadas (Draco) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE). Nenhuma linha de investigação foi descartada. Mais detalhes não podem ser repassamos para não comprometer as investigações.

A SSPDS também reforça que a população pode auxiliar nos trabalhos policiais. Caso alguém tenha informações sobre ações criminosas ou sobre o paradeiro dos suspeitos, denúncias anônimas podem ser feitas para o 181 - telefone do disque denúncia da secretaria. O sigilo é garantido. 
 
 
Redação O POVO Online