PUBLICIDADE
Fortaleza
Dia Internacional do Rim

5 mil pessoas sofrem de doenças renais no Ceará; conheça sintomas

Hoje é o dia Internacional do Rim. A data tem como objetivo divulgar informações relacionadas à prevenção das doenças renais

13:53 | 09/03/2017

Há sete anos, o aposentado Paulo Leite, 70, vai três vezes por semana ao Instituto do Rim, no bairro Meirelles, em Fortaleza, para fazer hemodiálise. Ele conta que descobriu por acaso a deficiência no rim. “Eu não tinha nada e, de repente, comecei a engordar, então, minha mulher me levou ao médico e descobri”, diz.


Assim como Paulo, outras 5 mil pessoas fazem o tratamento no Ceará, de acordo com a Fundação do Rim. Instituído como Dia Internacional do Rim pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o 9 de março tem a missão de disseminar ações de prevenção das doenças renais. 

 

O médico neufrologista e diretor da Fundação do Rim em Fortaleza, Paulo Rossas Mota, explica que a doença requer maior atenção, sobretudo, em pessoas no grupo de risco: obesos, diabéticos e hipertensos.  “É uma doença silenciosa, geralmente, a gente atende o paciente num dia e no seguinte ele já está fazendo hemodiálise”, explica.


Com o intuito de oferecer apoio aos pacientes que precisam estar três vezes por semana em tratamento, a Fundação oferece cursos profissionalizantes e aulas de português, matemática e outras em parceria com a Universidade de Fortaleza (Unifor), para pacientes em situação de vulnerabilidade social. Além de outras ações sociais.


Em Fortaleza, 11 clínicas conveniadas ao SUS e particulares fazem hemodiálise - que consiste em fazer o trabalho do rim, por meio de uma máquina que limpa e filtra o sangue.  


Prevenção


Pessoas com doenças vasculares, diabetes, hipertensão e obesidade; fumantes e acima de 50 anos estão mais vulneráveis a doenças renais, de acordo com o médico. Paulo explica que, para se prevenir, pessoas neste grupo de risco devem fazer exames semestrais. No geral, adotar hábitos de vida saudáveis ajuda na prevenção.


Segundo o médico, os sintomas só aparecem quando as pessoas já estão com a função renal comprometida. Os principais são anemia, urina espumosa e inchaço no corpo.

 

SERVIÇO

 

Fundação do Rim

Quando procurar: para solicitar cursos profissionalizantes ou orientação sobre doenças e tratamentos

Onde: Rua Dr. Castro Medeirinhos, 62, no Meireles

Telefone: (85) 3466-6200

Site:www.fundacaodorim.org.br

 

Redação O POVO Online