PUBLICIDADE
Mais Esportes
suf

Filipe Toledo brilha na repescagem e brasileiros avançam ao Round 3

12:14 | 17/07/2017

(Foto: AFP)
Vinte e quatro surfistas participaram da repescagem na etapa de Jeffreys Bay do Campeonato Mundial de surfe, nesta segunda-feira. O Brasil teve seis representantes no Round 2 e três avançaram na competição. O principal nome do dia foi Filipe Toledo.

 

O jovem de 22 anos deu uma aula de surfe no mar sul-africano. Filipinho mediu forças com Kanoa Igarashi e não deu chances para o adversário. O brasileiro arrancou notas 10 e 9.63 dos juízes e brilhou na repescagem.

 

Filipinho levou a primeira nota 10 do dia e ainda teve a maior somatória desde o início da etapa de J-Bay. Dos 20 pontos em disputa, o paulista somou 19.63, levantando a torcida local com manobras sensacionais.

 

Com o resultado, Filipinho avançou ao Round 3 na etapa sul-africana. Quem também venceu na repescagem foi Jadson André. O brasileiro somou 15.80 contra 13.20 de Kolohe Andino, que chegou a pedir a anulação da bateria, por acreditar ter sido atrapalhado por um bodyboarder, mas a World Surf League (WSL) alegou que o californiano não tinha provas suficientes.

 

Caio Ibelli também estará no Round 3 de J-Bay. O paulista de 23 anos superou Stuart Kennedy em uma das baterias mais disputadas do dia. Ibelli somou 16.43, contra 14.80 do rival.

 

Outros três brasileiros ainda caíram na água nesta segunda, mas não conseguiram avançar. Miguel Pupo até tentou virar contra Connor O’Leary, mas ficou 0.30 atrás e foi eliminado. Nas últimas duas baterias do dia, Wiggolly Dantas teve grande apresentação, somando incríveis 16.37, mas enfrentou Ezekiel Lau em tarde inspirada e não avançou. Por fim, Ian Gouveia enfrentou Frederico Morais e não conseguiu reagir: 14.00 contra 15.17.


Gazeta Press

 

 

 

[VIDEO1]