PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
4-3-3

Bonamigo muda esquema e esboça trio ofensivo no time titular do Fortaleza

Técnico testa Hiago ao lado de Lúcio Flávio e Paulo Sérgio. Rodrigo Mancha deve voltar para zaga e Wellington Reis ganhar a vaga no meio deixada por Adenilson, suspenso

18:16 | 09/08/2017

Hiago ganha vaga no time titular (Foto: Mateus Dantas/O POVO)
 

O técnico Paulo Bonamigo deve mudar o esquema tático para o próximo jogo contra o Cuiabá, neste domingo, 13, às 18h, no Castelão. As novidades entre os onze titulares são Wellington Reis, o substituto de Adenilson que sofreu o terceiro cartão amarelo; e Hiago, que entra no time para formar trio ofensivo com Lúcio Flávio e Paulo Sérgio. Para isso, o treinador sacou o zagueiro Edimar, promovendo o retorno de Rodrigo Mancha para a zaga.

+ Fortaleza x Cuiabá terá reencontro de parças 'quase irmãos'

No treino desta quarta-feira, 9, Bonamigo utilizou a seguinte formação: Marcelo Boeck; Felipe, Rodrigo Mancha, Ligger e Bruno Melo; Wellington Reis, Pablo e Éverton; Hiago, Lúcio Flávio e Paulo Sérgio.

Para Hiago, a entrada dele não muda tanto a característica da equipe, que vinha jogando no esquema tático 4-4-2. "É praticamente a mesma. O professor vinha conversando comigo para eu fazer o que vinha fazendo antes. É uma oportunidade de voltar e dar sequência para conquistar os três pontos", comentou o atacante em entrevista ao programa Trem Bala, da Rádio O POVO/CBN.

O confronto de ida entre as duas equipes terminou em empate de 2 a 2. O Fortaleza ocupa, atualmente, a 2ª colocação. Já o Cuiabá está em 6º na tabela. Segundo o jogador, o elenco tem tratado cada partida como uma decisão para se classificar para a fase do mata-mata. "Independente do adversário, quem vem jogar contra o Fortaleza quer surpreender. O Cuiabá é mais um jogo difícil, mas diante do nosso torcedor estamos invictos. Jogo é jogo, temos que ralar bastante para conquistar a vitória".

De acordo com o site de estatísticas Chance de Gol, o Fortaleza tem 98,6¨de possibilidade de se classificar. Restam cinco partida para o fim da fase classificatória. Destes, o Leão possui três jogos dentro de seus domínios.

LUCAS MOTA