PUBLICIDADE
Notícias

Homens assaltam colégio Piamarta e fazem professor refém

Padre Elvis de Lima afirma que assaltantes acreditavam haver 50 mil euros no cofre da escola. Durante a ação, um professor de italiano foi feito refém e liberado na fuga. A polícia prendeu dois dos três assaltantes

18:48 | 11/05/2012

Três homens assaltaram, na tarde desta sexta-feira, 11, a Casa da Criança Governador Virgílio Távora, em Itaitinga, 27 km de Fortaleza, e fizeram um professor refém. O colégio faz parte da instituição Piamarta. Os homens levaram um cofre, dois notebooks da instituição, celulares dos funcionários e algumas moedas da tesouraria.

Segundo informações da Delegacia Municipal de Horizonte, o assalto ocorreu por volta de meio-dia, quando três homens armados renderam um professor de italiano, no momento em que ele chegava para o turno da tarde. Na fuga, o bando manteve o professor como refém e utilizou o veículo do docente para se evadir do local. Professor e veículo foram abandonados no município de Horizonte, onde a quadrilha se abrigou.

A Polícia foi comunicada e, cerca de duas horas depois, localizou a residência onde os homens se esconderam. Foram presos Antônio Leonardo Rodrigues, 20, e José Cristiano Mendes da Silva, 38. Dois revolveres calibre 38 foram apreendidos. Segundo o delegado Ricardo Romagnoli, os dois foram autuados em flagrante por roubo triplamente qualificado, por uso de arma de fogo, concurso de pessoa e restrição de liberdade da vítima. Se condenados, pode pegar até 15 anos de reclusão. O terceiro comparsa conseguiu fugir e está sendo procurado por policiais da Delegacia Municipal de Horizonte.

Crianças no local
Segundo o padre Elvis Marcelino de Lima, diretor presidente da institução, havia cerca de 350 crianças na instituição no momento do crime, mas não houve contato dos assaltantes com os alunos. Segundo o padre, os assaltantes esperavam achar 50 mil euros no cofre da escola. "Mas não havia esse dinheiro lá. Eu tenho a impressão que eles devem ouvir por aí, e devem ter acreditado, que os padres têm muito dinheiro. Mas o dinheiro que temos para o pagamento de pessoal e para as necessidades das crianças fica no banco e fazemos os pagamentos pelo banco", afirma Lima, que estava em Fortaleza no momento do assalto.

De acordo com o presidente do Piamarta, os assaltantes não usaram de violência. "Só estavam nervosos porque queriam levar esse dinheiro. Mas foi pedido pela direção da escola para manterem a calma por causa das crianças", afirmou.

Mais segurança

Não é a primeira vez que a escola é alvo de ação de assaltantes. Segundo o padre Elvis Marcelino Lima, a escola já havia pedido para o Ronda do Quarteirão ficar dando apoio. "A instituição é muito exposta. Vamos, inclusive, fazer uma reunião para ver o que a gente pode pensar para ter uma segurança maior", afirma.

Escola
O Piamarta atende 350 estudantes na Casa da Criança Governador Virgílio Távora. As crianças estudam de segunda-feira a sexta-feira em regime de internato e passam o fim de semana com as famílias. Além da Casa da Criança, a instituição mantém uma unidade feminina também em Itaitinga, uma unidade em Limoeiro do Norte, 194 kM da Capital, e a sede em Fortaleza.

 

Márcio Teles
[email protected]

Thiago Paiva
[email protected] 

TAGS