PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Militante bolsonarista, Sara Winter é presa pela PF em Brasília

Winter é investigada pelo MPF por improbidade administrativa

08:48 | 15/06/2020
Sara Winter foi presa pela PF em Brasília (Foto: MAURI MELO)
Sara Winter foi presa pela PF em Brasília (Foto: MAURI MELO)

Sara Fernanda Giromini, militante bolsonarista conhecida por Sara Winter, foi presa pela Polícia Federal na manhã desta segunda-feira, 15, em Brasília (DF), conforme a Folha de S.Paulo. Winter é investigada por improbidade administrativa em apuração do Ministério Público Federal (MPF), do Rio de Janeiro.

LEIA TAMBÉM | O que é fascismo, nazismo, antifa e o que têm a ver com o Brasil

O objetivo da investigação é descobrir se houve irregularidade no uso de R$ 25 mil que ela recebeu do Fundo Especial de Financiamento de Campanhas em 2018. Sara Winter foi candidata a deputada federal no Rio de Janeiro pelo DEM. A militante recebeu 17.246 votos, mas não foi eleita.

No início deste mês, ela foi expulsa do partido.

O pedido de expulsão da extremista foi assinado pelo presidente nacional do partido, ACM Neto. Em nota, ele afirmou que o "partido repudia, de forma veemente, quaisquer atos de violência ou atentatórios ao Estado de Direito, ao Regime Democrático e às instituições brasileiras".

O documento também afirma ter realizado o cancelamento de filiação partidária devido "descumprimento dos deveres éticos previstos estatutariamente".

 

Escute o podcast Jogo Político