Participamos do

Tiririca assume ter usado dinheiro público para viajar a Fortaleza

De acordo com o parlamentar, que hoje mora em São Paulo, o deslocamento era destinado a assuntos profissionais. Os voos custaram R$ 70 mil
21:37 | Nov. 29, 2019
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O deputado federal Tiririca (PL-SP) assumiu ter usado dinheiro público para fazer viagens. Em declaração à Câmara, o parlamentar disse que comprou passagens para visitar os familiares em Fortaleza, no Ceará. Ao todo, foram 35 viagens (70 trechos indo e voltando), totalizando em R$ 70 mil o valor dos voos.

Atualmente, Tiririca é investigado pelo Ministério Público Federal em Brasília. O regimento interno da Câmara proíbe o uso de dinheiro público para atender necessidades pessoais. De acordo com o parlamentar, que hoje mora em São Paulo, o deslocamento era destinado a assuntos profissionais. "Permitir meu deslocamento entre o Parlamento e o local onde hoje estão temporariamente residindo meus familiares, ou seja, no interesse exclusivo da função que honrosamente exerço", afirmou.

Três assessores também tiveram passagens compradas com dinheiro público, totalizando R$ 85,8 mil. Separadamente, foi usado R$ 40,2 mil para um assessor, R$ 20,7 mil para outro e R$ 5,6 mil para o último. Segundo Tiririca "alguns assessores precisaram se deslocar de Brasília a Fortaleza para resolver pendências e assuntos parlamentares urgentes".

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags