PUBLICIDADE

Romance engatado, contrato assinado

00:00 | 05/07/2019

Rico adora arrumar problema para se preocupar. Uma das demandas de bancos de investimentos é ajudar a "minutar" contratos de união estável. Mas um detalhe: já em fases bem iniciais de relacionamento. Passando da fase do "fica", já costuma ser a hora em que os pais ficam em parte felizes (ou não) e em parte preocupados (quase sempre). Um contrato como este, em suma, diz que a namorada ou namorado não tem direito a basicamente nada.

Segundo um advogado com experiência no segmento, quando "engata" o relacionamento, tipo após a fase dos três meses, já tem empresário mandando redigir. "Principalmente se houver situação de sucessão próxima". A elite do Nordeste se preocupa muito com esse tema. Em linhas gerais, a chamada União estável é uma relação entre duas pessoas de caráter notório, contínuo e duradouro, com indicativo de constituição familiar. Não há na Lei prazo considerado mínimo para que a convivência seja definida união estável. Tampouco há a necessidade de que o casal resida na mesma habitação como pré-condição para vínculo ser configurado.

 

Duas vitórias acadêmicas da UFC

Pesquisadores do Programa de Pós-Graduação em Administração e Controladoria (PPAC) da UFC ganharam os prêmios de melhor artigo em suas áreas de interesse em dois congressos europeus: a 19ª Conferência Anual da European Academy of Management (EURAM - Academia Europeia de Administração), em Lisboa, e a 52ª Conferência da Academy of Marketing, em Londres.

Ambos foram concedidos à mestranda Érica Sobreira e ao doutorando Clayton Silva, sob orientação da professora Cláudia Buhamra. Em Lisboa, venceram com o artigo "Slow but sure: the effects of empowerment and materialism on slow fashion consumption" ("Lento mas seguro: os efeitos do empoderamento e do materialismo no consumo de slow fashion", na tradução livre para o português).

Já em Londres, na última quarta-feira, venceram com o trabalho "Do materialism and empowerment influence slow fashion consumption? Evidence from Brazil" ("Materialismo e empoderamento influenciam o consumo de slow fashion? Evidências do Brasil", também traduzido para o português).

O conceito slow fashion (moda lenta) é um movimento de moda sustentável que tem ganhado força entre designers, varejistas e consumidores, baseado em críticas a uma sociedade acelerada e ao sistema insustentável fast fashion (moda rápida) da indústria atual. Os pesquisadores realizaram uma pesquisa com 306 consumidores de Fortaleza.

Caminhos para ser B

A partir deste ano, o Índice de Sustentabilidade da B3 (a bolsa brasileira ainda conhecida como Bovespa) passou a incorporar elementos do movimento B. As empresas serão questionadas sobre as Cláusulas B no Estatuto Social e o uso do BIA (a sigla em inglês para Relatório de Impacto do Negócio) para medir e reportar impacto. Mirando nesta demanda, o sistema B Brasil está formatando uma estratégia de abordagem para empresas que pretendem ser uma empresa B Certificada. O nome da estratégia é Caminho B.

Assinatura virtual nos contratos

A Direcional Engenharia se declara a a primeira empresa do setor de construção civil do País a adotar a tecnologia de assinatura eletrônica de contratos. Toda a transação é virtual, via aplicativo, tablet ou computador e não gera nenhuma taxa ou custo para o cliente. Utiliza criptografia de ponta e segue normas de certificação. Promete a proteção dos dados do cliente. No Ceará, a Direcional vende quatro empreendimentos em parceria com a Victa (braço da Diagonal): Conquista Parque e Conquista Vida Nova, em Fortaleza, e Viva Vida Caucaia e Conquista Jurema, em Caucaia. Todos do MCMV.

Proudfoot opera em Fortaleza

A consultoria Proudfoot Brasil, marca global de consultoria de gestão operacional - tem mais de 70 anos de mercado - nomeou o executivo Ronaldo Rodrigues como diretor Regional da Proudfoot Brasil para a região Nordeste. Antes da Proudfoot, no Ceará, ele já liderou projetos em marcas como o Grupo Pague Menos; 3 Corações; M Dias Branco; J Macedo e Grupo Edson Queiroz. A base de Rodrigues será Fortaleza.

Horizontais

Blindagem de fábrica - A Volvo Cars anunciou a produção do primeiro modelo blindado de fábrica, o utilitário esportivo XC90. Serão montados na Suécia e na Alemanha. A marca também desenvolve outra versão de carros blindados, os chamados blindados leves. Estes devem vir para o Brasil, centro global de transformação e fornecimento de veículos blindados. Daqui, também exportados. Estarão à venda no Brasil em 2020.

Mulheres do Brasil - O núcleo Fortaleza do Grupo Mulheres do Brasil realiza amanhã, de 9 ao meio dia, mais uma edição do Conexão Empreendedora, evento exclusivo para mulheres, no Mrh Gestão de Pessoas e Serviços. Inscrições R$ 100 pelo site da sympla.com.br/mulheresdobrasilfor. 

Jocélio leal