PUBLICIDADE
Notícias

Lula critica violência contra Dilma em adesivos vendidos na Internet

16:34 | 03/07/2015
NULL
NULL
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chamou de "irresponsáveis escondidos na Internet" os autores de ofensas à presidente Dilma Rousseff (PT) nas redes sociais. Lula participou, nesta sexta-feira, 3, de evento da Federação Única dos Petroleiros.

As críticas do ex-presidente foram feitas durante discurso no evento. Após a fala, movimentos ligados à defesa dos direitos das mulheres petroleiras apresentaram cartas de repúdio a adesivos vendidos na Internet com o rosto de Dilma com as pernas abertas.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o ataque "jamais" seria feito por "uma pessoa de dignidade, que gosta da mãe e do pai". "Peço a deus todo dia para a Dilma não perder a tranquilidade", disse Lula.
[SAIBAMAIS 2]
Intolerância
Para Lula, a sociedade vive tempos de intolerância. "Ser exigente é cobrar, é ir pra rua cobrar, não é ficar falando palavrão contra a presidenta ou contra qualquer outra pessoa", afirmou Lula, segundo a Folha.

Adesivos
A ministra da Secretaria de Políticas para Mulheres da Presidência da República, Eleonora Menicucci, encaminhou denúncia ao Ministério Público Federal, à Advocacia Geral da União e ao Ministério da Justiça por causa dos adesivos contra a presidente Dilma.

O material, que estava à venda em sites, expõe o rosto de Dilma com a imagem de um corpo de mulher em posição obscena. O adesivo foi feito para ser colado na entrada do tanque de combustível de carros, sugerindo penetração sexual.

Redação O POVO Online
TAGS