PUBLICIDADE
Mundo

Após chamar Maduro de ditador, Macron se reúne com oposicionistas da Venezuela

17:10 | 04/09/2017
O presidente da França, Emmanuel Macron, se reuniu nesta segunda-feira com membros da oposição da Venezuela, que fazem um "tour europeu" com a ideia de aumentar a pressão internacional sobre o presidente Nicolás Maduro.

Na semana passada, Mácron declarou que o governo de Maduro é uma ditadura, o que levou a protestos do presidente da Venezuela.

O presidente da Assembleia Nacional venezuelana, Julio Borges, o vice-presidente da casa, Freddy Guevara, e o ativista de oposição Roberto Patiño participaram do encontro no Palácio do Eliseu.

Lilian Tintori, ativista e esposa do prisioneiro e líder opositor Leopoldo López, não pode estar presente. Ela denunciou que as autoridades venezuelanas lhe confiscaram o passaporte e lhe proibiram de sair do país.

De acordo com Borges, os líderes de oposição vão se reunir com a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, e com o premiê da Espanha, Mariano Rajoy. Fonte: Associated Press.