PUBLICIDADE
Notícias

Inadimplência sobe 4,86% em agosto ante agosto de 2014, aponta CNDL/SPC

17:05 | 10/09/2015
O número de consumidores inadimplentes aumentou 4,86% em agosto em relação ao mesmo mês do ano passado. De acordo com dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), foi o quarto mês consecutivo em que a inadimplência subiu acima do patamar dos 4%. Na comparação com julho deste ano, houve alta de 0,65%.

No mês passado, havia cerca de 57,3 milhões de consumidores com o nome inscrito no SPC, ou 39% da população brasileira adulta, entre 18 e 95 anos de idade. Desde janeiro, 2,7 milhões de pessoas foram incluídas no cadastro. O número de dívidas em atraso cresceu 6,28% em agosto na comparação com o mesmo mês de 2014, e teve elevação de 1,52% ante julho, a maior alta para o mês de toda a série histórica.

O presidente da CNDL, Honório Pinheiro, atribuiu a piora da inadimplência à deterioração da economia. "A inflação muito acima do teto da meta, aliada ao desemprego crescente, afeta a capacidade de pagamento das famílias. A confluência de fatores negativos e uma perspectiva pior para a economia faz com que, neste momento, o varejo precise vender mais e contar com o poder de compra do consumidor que não possui dívidas", disse Pinheiro, por meio de nota.

De acordo com a CNDL e o SPC Brasil, pelo quarto mês consecutivo, as contas de água e luz foram o principal destaque no indicador anual de inadimplência, com aumento de 13,89% na quantidade de dívidas em atraso. Em seguida, aparecem dívidas de bancos, com alta de 10,28%.

TAGS