PUBLICIDADE
Notícias

Ministério do Trabalho investigará grife de Luciano Huck após polêmica

Recentemente, a divulgação de uma coleção de Carnaval com camisetas infantis da marca trazendo fases como "vem ni mim que eu tô facin" provocou polêmica nas redes sociais

00:02 | 07/03/2015
NULL
NULL

O Ministério Público do Trabalho (MPT) do Rio de Janeiro vai investigar a venda de camisas infantis da grife do apresentador Luciano Huck.

O objetivo é avaliar se houve incentivo à exploração sexual infantil e uso ilegal da imagem de crianças, além de analisar se a veiculação da propaganda expôs os modelos mirins a situações incompatíveis com a idade deles, e se o trabalho prejudica o desenvolvimento físico e psicossocial das crianças envolvidas.

[SAIBAMAIS1]

Desagradou

Recentemente, a divulgação de uma coleção de Carnaval com camisetas infantis da marca trazendo fases como “vem ni mim que eu tô facin”, provocou polêmica nas redes sociais e muitas críticas ao apresentador.

Depois da repercussão, a marca retirou a venda dos produtos da página da Internet.

Redação O POVO Online

TAGS