Participamos do

Tasso: Aécio está fazendo o que pode para deixar tudo como está

01:30 | Nov. 11, 2017
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Um dia após ser destituído da presidência interina do PSDB pelo senador Aécio Neves (MG), o também senador Tasso Jereissati fez críticas ao colega e ala que o apoia no partido. “Evidentemente ele não nos quer conduzindo esse processo, ele está em outra linha muito diferente da nossa, e está fazendo o que pode, no intuito de colocar aqueles que defendem a linha dele de deixar tudo como está”, afirmou em convenção da sigla no Ceará na manhã de ontem.


Tasso se referia a processo de “renovação” do partido, defendida por ele. Desde que assumiu o comando tucano, Tasso prega saída da legenda do governo de Michel Temer (PMDB), chegando a realizar propaganda de televisão e rádio falando em necessidade de “autocrítica”.


Durante evento, Tasso voltou a repetir frase de que o “PSDB desses caras” não é o seu PSDB e falou em “separar om joio do trigo”. Ele também voltou a falar em suposta interferência do presidente na decisão de Aécio. “A política hoje está assim, completamente sem valores, e a gente tem de estar na luta para mudar isso”.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso divulgou ontem uma mensagem em seu Facebook na qual afirma que apoiará o nome de Tasso à presidência do PSDB, caso o partido não encontre uma convergência até sua convenção, marcada para o dia 9 de dezembro. O cearense concorre contra o governador de Goiás Marconi Perillo.


"Se porventura tal convergência não se concretizar, o que porá em risco as chances do PSDB, já disse que apoiarei a candidatura do senador Tasso Jereissati à presidência do partido", escreveu. O ex-presidente acrescentou, porém, que não faz ressalvas à eventual candidatura do governador de Goiás, Marconi Perillo, "a quem respeito por sua fidelidade ao PSDB e pelo bom governo que faz".

Letícia Alves com Agências

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente