Participamos do

Perillo defende prévias no PSDB

01:30 | Set. 09, 2017
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia
[FOTO1]

Favorito para assumir o comando do PSDB em dezembro e liderar o partido na campanha presidencial de 2018, o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), 54 anos, afirmou que as prévias são “o meio mais democrático” para que o PSDB escolha seu candidato à Presidência em 2018.


Perillo articula para chegar como postulante único à direção da legenda em dezembro, impulsionado pela relação com os presidenciáveis Geraldo Alckmin, governador de São Paulo, e João Doria, prefeito da capital paulista.


Ele minimiza o embate cada dia mais ruidoso entre eles e aposta que “prevalecerá o bom senso”. “Não acredito que o prefeito Doria deixe o partido e vou continuar trabalhando nossa unidade”, respondeu.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Sobre as chances de Doria ou Alckmin numa eventual disputa, ele disse: “Não vejo em nenhum deles disposição para qualquer tipo de dissenso. Estou seguro de que haverá uma convergência entre eles e de que prevalecerá o bom senso, o compromisso maior com o projeto de vitória”. Para o governador, o “PSDB tem uma sequência histórica de consensos”, mas sempre com alguma escaramuça antes”.

Agência Estado

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente