Participamos do

Presidente de Conselho é internado logo após recurso em caso Aécio

01:30 | Jun. 28, 2017
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Apenas instantes após senadores protocolarem um recurso da decisão de arquivamento do pedido de cassação de Aécio Neves (PSDB-MG), o presidente do Conselho de Ética do Senado, João Alberto Souza (PMDB-MA), foi internado às pressas. Após o recurso, caberia a ele convocar reunião do colegiado para definir, em votação, se a comissão abriria ou não um processo contra o senador tucano. Segundo a assessoria de Alberto, não há qualquer prazo regimental para que o senador convoque o conselho. Com o problema de saúde, data para reunião do colegiado para análise do caso Aécio fica imprevisível. Além disso, o Congresso entra em recesso entre 18 e 31 de julho, quando votações são suspensas.


Senadores de oposição protocolaram, ontem, recurso contra a decisão de João Alberto de arquivar o pedido de cassação de Aécio. O próximo passo seria a convocação do Conselho de Ética para votar a abertura ou arquivamento do processo. A prerrogativa de agendar a reunião cabe apenas ao presidente. Logo após o protocolo, entretanto, João Alberto foi internado no Hospital das Forças Armadas com queixas de tontura e desaceleração cardíaca. O senador deve ser submetido a uma cirurgia de coração para colocação de marca-passo.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente