Participamos do

Depressão: você pode ajudar

ciy_ncia_e_say_de
01:30 | Jan. 14, 2019
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia
A depressão é uma doença que atinge mais de 11 milhões de brasileiros, segundo a Organização Mundial da Saúde. O que nos torna o país da América Latina com maior incidência do problema e dá uma sensação de impotência em muitos familiares e amigos que convivem com pacientes que sofrem do chamado "mal do século".

 

1. O psicólogo Alexandre Mallet diz que é possível ajudarmos essas pessoas a lidar melhor com a depressão no dia a dia e amenizar o sofrimento. "É importante saber que a depressão é uma doença crônica e recorrente, provocada por alterações químicas no cérebro, relacionadas a neurotransmissores ligados à regulação do humor. Traz uma tristeza profunda, desesperança, baixa autoestima, culpa e distúrbios de sono e apetite", relata.

 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

2. São sofrimentos que, muitas vezes, não têm conexão direta com o que está acontecendo na realidade e logo os familiares e amigos dizem ao deprimido que sofrer é injustificável. O que é um erro. "Nunca diga para uma pessoa com depressão que ela não tem motivos para estar assim. Não fale que suas razões são bobas, pois isso só vai fazê-la se afastar e ficar introspectiva. Lembre-se de que apenas quem está passando pelo momento sabe o quanto está sendo difícil", alerta o psicólogo.

[FOTO1]

3. A forma certa de ajudar, segundo o psicólogo, é se fazer presente na vida de quem sofre de depressão, é fazer companhia. "Companhia é importante, mostre que você compreende a doença, mas não superproteja. Ajude a organizar atividades para voltar ao convívio social, ofereça para agendar um atendimento de saúde, um psicólogo. Pequenas atitudes importantes para uma pessoa que está deprimida e tem dificuldade para dar os primeiros passos sozinha, rumo à recuperação", aconselha.

 

4. E também é importante saber o momento certo de ficar em silêncio. Apenas a companhia e um abraço são suficientes para ajudar. "Não foque em falar ininterruptamente achando que vai fazer a pessoa esquecer a depressão. Não vai. Esse comportamento pode piorar e prejudicar a comunicação entre o paciente, sua família e amigos", orienta.

 

BATE-PRONTO 

[FOTO2]

Master coach Rochelle Walker esclarece sobre o problema que certas pessoas têm em dizer não e o quanto esse comportamento pode ser prejudicial para alcançar o sucesso e construir a visão de futuro. "A capacidade de dizer não está diretamente relacionada à autoestima".

 

O POVO - Pessoas que dizem muito sim sofrem de baixo autoestima?

 

Rochelle Walker - As pessoas costumam dizer sim muito mais para se sentirem aceitas e acolhidas do que realmente gostariam de realizar aquilo que foi pedido. O sim, em muitos casos, está diretamente relacionado com a baixa autoestima.

 

OP - E quando o sim vira um problema?

 

Rochelle Walker - A capacidade de dizer não está diretamente relacionada a inteligência emocional. Quando temos inteligência emocional, conseguimos estabelecer metas claras e objetiva, somos focados, auto responsáveis, temos mais equilíbrio nos relacionamentos, realizamos mais em menos tempo.

 

OP - Quando dizer não?

 

Rochelle Walker - Não para todas as coisas que nos afastam das metas que traçamos, mesmo sendo coisas boas, não podemos perder o foco, sem distração. As oportunidades vão surgir a todo momento e temos de estar preparados para dizer não.

 

OP - O não nos ajuda a construir uma vida de sucesso?

 

Rochelle Walker - O não tem de ser exercitado em todos os âmbitos de nossa vida, pois quando nos referimos ao sucesso, não se restringe apenas ao aspecto financeiro. Sucesso é quando atingimos a prosperidade em todas as áreas. Quando temos um relacionamento com o cônjuge, é quando sentimos o amor, respeito, amizade e companheirismo dos nossos filhos. É sermos saudáveis, termos força e vitalidade. E o sucesso financeiro é dispormos dos recursos para realizarmos nossos sonhos e ainda termos para doar e abençoar a vida de outras pessoas.

 

Treinamento 

[FOTO3]

Ioga

 

O grupo Terra da Luz Brasil reunido, no Parque do Cocó, para mais um dia de treinamento de ioga e meditação. Os encontros ocorrem todos os dias da semana, com aulas experimentais aos domingos, às 9h.

 

O treinador Yuri Dourado, cofundador do grupo Terra da Luz Brasil, diz que os treinos em grupo desenvolvem habilidades que vão além do âmbito estético e corporal, como socialização, comprometimento, companheirismo, além de estar sendo acompanhado por profissionais experientes e capacitados para acompanhar a evolução de cada praticante.

 

Yuri Dourado diz ainda que a prática da meditação diminui o estresse e os exercícios físico fortalecem os músculos, fazendo com que o praticante trabalhe corpo e mente. "Desenvolvemos agilidade, força física e a flexibilidade. Os treinos vêm conquistando adeptos... pois nunca são monótonos e valorizam o contato com a natureza", finaliza.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente