Pular navegação e ir direto para o conteúdo

PUBLICIDADE
Reportagem

Sonhos interrompidos pelo feminicídio

No Dia Internacional da Mulher, 8 de março, O POVO Online reúne histórias de mulheres que tiveram os sonhos interrompidos, vítimas de violência praticada pelos próprios companheiros, o feminicídio. A acompanhante de idosos Dona Rosilene Brito Cruz, 45 anos, mãe de Stefhani Brito, morta no 1º dia do ano pelo ex-namorado, concedeu entrevista e diz que percebia que a filha não era feliz no relacionamento.

 

18:13 | 13/03/2019

Comentários