Pular navegação e ir direto para o conteúdo

Reportagem

Um reino chamado infância

O poeta e dramaturgo Oswald Barroso lança nesta quinta-feira, 13, o romance Menino Amarelo: as desventuras de um rei desencaminhado, o primeiro volume de suas memórias ficcionais. Oswald transporta o público para uma infância sonhada, cômica e poética, contornando as lembranças de uma meninice vivida na Fortaleza dos anos 1950. 

Pelos olhos de Raimundo Flor, protagonista da trama, o autor enxerga a si mesmo e a saudade de uma cidade que acolheu suas travessuras e descobertas. “Do barro que sobrou da criação do mundo”, o escritor cria um universo que vasculha as coisas ínfimas: as pessoas, os sentimentos e as cenas da vida comum.

16:48 | 2018-09-12

Comentários