PUBLICIDADE
Shows & Espetáculos
NOTÍCIA

Show Ilustríssimas homenageia a mulher afro-latina com espetáculos gratuitos nesta sexta

Evento ocorre no Sindicato dos Docentes da Universidade Federal do Ceará (Adufc) a partir das 18 horas e conta com apresentações das cantoras Luiza Nobel, Aparecida Silvino e Indiana Nomma

Natália Coelho
03/03/2020 21:44:48
Luiza Nobel canta no show Ilustríssimas nesta sexta
Luiza Nobel canta no show Ilustríssimas nesta sexta (Foto: Divulgação)

Na voz da mulher, o discurso é poderoso. Seguindo os eventos em alusão ao Dia Internacional da Mulher, o show Ilustríssimas recebe as cantoras Luiza Nobel, Aparecida Silvino e Indiana Nomma, que se apresentam nesta sexta-feira, 6, às 18 horas, no estacionamento do Sindicato dos Docentes da Universidade Federal do Ceará (Adufc).

Dividido em três shows, um para cada cantora, o projeto tem como objetivo homenagear a mulher afro-latina e caribenha, misturando ritmos e composições de diferentes vozes femininas.

Aparecida Silvino
Aparecida Silvino (Foto: Divulgação)

O primeiro show da noite é da cearense Luiza Nobel, que apresenta uma nova versão do Baile Preto, em que a banda de apoio é composta somente por mulheres. De acordo com Luiza, o show promove três momentos: “A diversão, a denúncia e a ancestralidade”. A proposta é convidar os presentes a pensar sobre assuntos que assolam a mulher, como a violência, sobretudo das mulheres negras.

“Eu busco vivência de pessoas pretas. Vai ser um momento de prestigiar o trabalho dessas mulheres”, explica a cantora, que destaca as canções “A Carne”, de Elza Soares, títulos de Sandra de Sá e outros nomes negros no repertório.

Já a segunda parte será comandada pela regente cearense Aparecida Silvino, que além de canções autorais, apresenta nomes clássicos do MPB, como Belchior e Milton Nascimento. O show é uma versão reduzida de “Maior”, espetáculo de Aparecida que estreou em 2019.

“Faço um apanhado de canções, inclusive autorais, que eu considero que o tempo fez melhorar. Cantando nesse rumo, eu sou uma resistência à esse tempo”, conta a artista, que ressalta a canção “Maior”, de Dani Black, como um dos destaques do repertório. A artista é também conhecida por dirigir o projeto musical “Conexões Sonoras” e por comandar o grupo “Canto da Apá”.

Já o encerramento das apresentações fica por conta da cantora hondurenha-brasileira Indiana Nomma, que apresenta o tributo “10 anos sem Mercedes Sosa”. O show faz homenagem à cantora argentina Mercedes Sosa, conhecida como “a voz dos que não tinham voz”, e mistura o folclore do país com as letras marcantes por denúncias.

Serviço:

Show Ilustríssimas
Quando: sexta, 6, às 18 horas
Onde: Adufc (avenida da Universidade, 2346 - Benfica)
Outras informações: (85) 3066 1818
Gratuito