Musical "A Bela e a Fera" entra em cartaz no Espaço Jangada
PUBLICIDADE
Shows e Espetaculos


Musical "A Bela e a Fera" entra em cartaz no Espaço Jangada

O espetáculo para crianças está em turnê pelo Brasil há quase dois anos, baseando-se na animação da Disney de 1991

20/09/2018 10:40:00
NULL
NULL
[FOTO1]

Inteligente, intelectual e corajosa. A camponesa Bela, criada por Gabrielle-Suzanne Barbot, em 1740, será revivida com o musical A Bela e a Fera, que chega a Fortaleza neste fim de semana. A história de amor e aceitação entre os personagens será encenada no Espaço Jangada, do shopping Iguatemi Fortaleza. A montagem terá exibição única neste domingo, 23, a partir das 16 horas.

 

Em turnê há quase dois anos, o espetáculo já foi encenado em Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro. Pelo Nordeste, já fez público em Recife e, agora, na Capital. A montagem já esgotou ingressos do setor premium. Os outros dois setores ainda estão à venda pela internet e também na bilheteria do empreendimento. Os valores vão de R$ 40 a R$ 100, com opção de meia-entrada.

 

Baseando-se na animação de 1991, idealizada pela Disney, a peça narra o sacrifício de Bela, que, para salvar a vida do pai, aceita morar no castelo da Fera, criatura amargurada e de aparência medonha. Durante a estadia na casa, Bela descobre que a besta foi amaldiçoada e a cura para tudo é o amor. "É sempre difícil adaptar um clássico, mas tivemos o cuidado de manter a estrutura original", detalha o idealizador do projeto, Bruno Rizzo, em entrevista para O POVO.

 

Cantadas e tocadas ao vivo, as músicas da versão em desenho animado foram adaptadas e ganharam novas letras, com arranjos similares aos originais. Para dar o tom de nostalgia, o espetáculo será apresentado In Concert, com orquestra Sanctus, regida pelo maestro Eduardo Pereira.

 

O espetáculo conta com uma equipe com mais de 30 integrantes, troca de cenários que passeiam pelo imaginário infantil, recriando a pequena vila francesa onde Bela vivia e as várias dependências do enorme castelo da Fera. "A besta não é má. Ela tem uma escala de humanização a partir do contato com a Bela, e vai se tornando mais humana", explica Bruno, que também é responsável por vestir a pele de monstro na montagem.

 

No transcorrer dos atos, mais de 200 figurinos passam pelo palco, divididos entre atores, bailarinos, cantores e orquestra. Para dar mais realismo às cenas, os objetos animados do castelo serão representados por atores, que irão contracenar diretamente com Bela. O bule, xícaras, o castiçal e o relógio são responsáveis pela comédia da peça.

 

Familiarizada com produções para crianças, Flávia Mengar é responsável por dar vida a Bela. Segundo a atriz, o maior desafio de encarnar uma personagem já tão conhecida do público é levá-lo a embarcar na história, sem deixar de lado a originalidade da montagem. "É uma responsabilidade muito grande, principalmente por ser um conto muito querido e que atravessa várias gerações", define Flávia.

 

Além de atuar em espetáculos, Flávia já trabalhou em cerimoniais para festas infantis. Cinderela, Rapunzel e Dorothy, de O Mágico de Oz, estão entre os personagens. "Diferente das outras princesas, Bela não fica dependendo de um homem. Ela tem um lado humano muito forte, de quem é decidida, muito inteligente e que também sofre", aponta.

 

A relação de Flávia com o universo dos contos de fada vai além do trabalho e resgata uma nostalgia, de quando, menina, desejava viver como as princesas. "Quando somos crianças, ainda não temos muita noção de como é importante a mulher ter atitude. A Bela tem. E ao assistirmos várias vezes, crescemos formando essa ideia", finaliza.

 

A Bela e a Fera - O Musical
Quando:
 domingo, 23, a partir das 16 horas

Onde: Espaço Jangada (Shopping Iguatemi - Av. Washington Soares, 85 - Edson Queiroz)

Quanto: de R$ 40 a R$ 100

Vendas online: bit.ly/2QF2nI1

 

Danielber Noronha

TAGS