PUBLICIDADE
Shows & Espetáculos
NOTÍCIA

Grupo "Circo di SóLadies" chega ao Cariri para discutir feminismo por meio da palhaçaria

Música, dança e comédia são os meios escolhidos pelas palhaças para falar sobre assuntos relacionados à vida da mulher na sociedade

12/09/2018 10:08:00
NULL
NULL(Foto: )
[FOTO1] 
Questionar o mundo com a ajuda da comédia é o objetivo do grupo de palhaças que compõe o “Circo di SóLadies”. Originada em São Paulo, a companhia se apresenta nesta quinta-feira, 13, no 1º Encontro de Palhaços e Culturas no Cariri, no Crato. Por meio das peças, as mulheres tentam estimular o público a discutir feminismo, questões relacionadas a igualdade de gênero e as ideias patriarcais de maneira crítica. As questões consideradas complexas ganham simplicidade quando misturadas com as características da palhaçaria.
 
“O palhaço é o deslumbramento com o mundo, tem esse olhar mais puro sem tanto julgamento”, explica Kelly Lima, uma das artistas responsáveis pelo espetáculo. Para ela, a ludicidade pode ser usada para questionar coisas que parecem “óbvias”, mas que tem a ver com a construção social da humanidade. Elas apostam no potencial de identificação que a comédia pode proporcionar entre atores e plateia.
 
Em “Estupendo Circo di SóLadies”, duas palhaças decidem criar o próprio circo e rodar o mundo. A partir disso, cenas tradicionais do teatro e de contos de fada são recontadas pela ótica das personagens. Além da comédia, a música e a dança são outros elementos adotados pelas palhaças para tratar os assuntos abordados. Pensar na linguagem e questionamentos infantis são pontos importantes para a construção da peça. Entretanto, segundo Kelly, adultos também podem se identificar com a saga das palhaças.
 
[FOTO2]
 
A preocupação em discutir feminismo parte de todas as artistas envolvidas na criação do espetáculo. Extrair pensamentos mais críticos da plateia usando a comicidade feminina exige pesquisa, discussões internas e troca de informações constantes. Eventualmente, outras artistas são convidadas a pensar em conteúdos para as peças da companhia. “Queremos que a sociedade pense na forma como tratam mulheres, as mães, as lésbicas, as negras, todos os segmentos do ser mulher”, diz Kelly.
 

"Estupendo Circo di SóLadies" com Circo di SóLadies (SP) no 1º Encontro de Palhaços e Culturas no Cariri
Quando: quinta-feira, 13 de setembro, às 18 horas
Onde: Vila da Musica Solibel (avenida José Horácio Pequeno, 1366, Belmonte, Crato-CE)
Gratuito
Duração: 50 minutos
Classificação: Livre
 
Redação O POVO Online

TAGS