PUBLICIDADE
Shows e Espetáculos
Agenda

Cineteatro São Luiz recebe peça que retrata a vida de Andy Kaufman

Com direção de Gero Camilo, o ator Victor Mendes interpreta as nuances do performer norte-americano Andy Kaufman

20:33 | 21/09/2018
(Foto: Roberto Setton/Divulgação)

Na mala, o cearense Gero Camilo embalou todas as dúvidas. O ator Victor Mendes, conduzido pela admiração, também se aprontou. Os dois partiram em uma viagem ruma à Nova Iorque, cidade onde viveu uma das figuras mais emblemáticas do humor: Andy Kaufman. O nova-iorquino marcou a história do gênero ao romper as estruturas da comédia convencional, sendo pioneiro em criar linguagem que misturava a própria vida com a arte. "Ao decidirmos trabalhar a figura de Andy, resolvemos nos alimentar do universo dele", rememora Gero Camilo, em entrevista por telefone ao O POVO.

 

Guiados pelo desejo de conhecer profundamente a vida do artista, os brasileiros visitaram o primeiro estúdio de TV onde Kaufman se apresentou e passaram pelo cemitério Beth David, local no qual o humorista foi enterrado, em 1984.

 

Os 30 dias de imersão foram essenciais para refutar a pesquisa, resultando na biografia ficcional Andy, que ganhará o palco do Cineteatro São Luiz. A montagem é encenada nesta sexta, 28, às 19 horas. Os ingressos estão à venda na bilheteria do equipamento e pela internet.

 

Já revistado no filme O Mundo de Andy (1999), o humorista outrora interpretado por Jim Carrey, ganha vida nesta montagem por meio de Victor Mendes. Em entrevista, o ator relembra o fascínio sentido após assistir ao longa. "Eu tinha 11 anos quando o filme lançou. Depois de assistir, comprei o DVD e fiquei fascinado. Conforme fui desenvolvendo a carreira como ator, os pensamentos sobre Andy sempre vinham atrelados", resgata Victor.

 

Excêntrico, Andy abandonou toda a projeção do trabalho nos programas de TV, e se reinventou ao apresentar seus trabalhos em ringues de luta livre. Para explorar também esta vertente, Victor conta que ele e Gero decidiram fazer aulas em uma academia, como preparação para dar vida ao personagem. "Tudo que era mais fácil, ele (Andy Kaufman) procurava não fazer. Andy é uma figura onde vários humoristas se inspiram", destaca Victor.

 

Capitaneando a Cia Tertúlia de Acontecimentos, Gero descreve a peça como uma comédia que desce por camadas e aproxima a plateia dos dramas de Andy. A obra apresenta o lado misterioso da vida do humorista. Questões sobre a causa da morte, a sexualidade e a luta contra o sistema também são discutidas no roteiro. "Na peça, a gente reproduz algumas esquetes que ele apresentava, além de recriar algumas outras", adianta.

 

Além da direção, Gero apresenta personagens que fizeram parte da vida de Kaufman. O ator interpreta a cadela Laika, primeiro animal a viajar para o espaço. "Tanto Laika quanto Andy são cobaias do próprio tempo. Ela, por ter ido pra Lua e ele por estar dentro de um esquema de televisão onde não se encaixava", analisa o diretor.

 

O projeto propõe diálogos com vários meios, adentrando no universo da TV, pela perspectiva do teatro. "Outro desafio foi conseguir se aproximar do humor tão peculiar do Andy. Nos questionamos sobre como fazer uma comédia sem se preocupar com o riso", expõe. 

 

Gero é um velho conhecido do Centro de Fortaleza. As sessões do Cineteatro São Luiz foram programação eu sua agenda quando adolescente. No palco do equipamento cinquentenário, o multiartista começou a esboçar a carreira. Ele diz se emocionar por revisitar o espaço. "Estou colocando dentro do Cineteatro uma peça, que reúne televisão, teatro e cinema. É a síntese da minha obra no cenário do teatro brasileiro. Vai ser, com certeza, um dos meus dias mais felizes", fala em tom saudosista.

Espetáculo Andy

Quando: sexta-feira, 28, às 19h

Onde: Cineteatro São Luiz (rua Major Facundo, 500 - Centro)

Quanto: R$ 20 (inteira) e R (meia)

Vendas online: bit.ly/2pv5Hcz

Informações: (85) 3252-4138

DANIELBER NORONHA