PUBLICIDADE
Shows e Espetaculos

"Riso Nervoso" traz olhar cômico e nonsense sobre o dia a dia

Riso Nervoso reflete, com olhar cômico, e nonsense sobre as neuroses do cotidiano. Espetáculo faz curta temporada na Capital

03/05/2018 15:39:00
NULL
NULL
[FOTO1]“O que te tira do sério?”. Foi esta questão que deu partida ao novo espetáculo do grupo As Olívias, formado por Izabela Pimentel, Lívia Camargo, Renata Augusto e Sheila Friedhofer. As respostas, elas apresentam ao lado de Victor Bittow em Riso Nervoso, que entra em cartaz na Caixa Cultural a partir de amanhã, 4, até domingo, 6, com ingressos nos valores de R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia), disponíveis a partir das 10 horas de hoje na bilheteria.
 
O espetáculo surgiu quase uma década depois da estreia do grupo nos palcos, com as esquetes de As Olívias Palitam que davam um olhar inusitado para acontecimentos banais. Nesta nova comédia, as Olívias querem manter o nonsense, mas experimentando um outro formato. “Queríamos falar das neuroses modernas”, lembra Renata Augusto, membro do coletivo. “Mas a gente queria uma dramaturgia mais elaborada.”
 
Para este novo desafio, as Olívias convidaram Michelle Ferreira, um dos nomes de destaque da nova dramaturgia paulista. Assinando a direção e o texto de Riso Nervoso, Michelle conta que recebeu das Olívias ideias sobre as neuroses e somou às suas próprias questões para montar o espetáculo. “Eu parto da observação do dia a dia”, explica a dramaturga. “Se não partir da sua vida para criar, o que vai ser genuíno?”, questiona.
 
No palco, os atores interpretam mais de 50 personagens em cinco histórias carregadas da neurose do dia a dia, levando o olhar revolucionário e cômico de Michelle e as Olívias. “Eu vejo nas Olívias um humor inteligente, que se desdobra, que tem uma consequência filosófica e humana”, acredita a diretora do espetáculo. “Não é um humor que termina na piada. Ele começa na piada e vai somando para a vida.”
 
Sobre a curta temporada em Fortaleza, Michelle e Renata conta que nunca apresentaram um trabalho na Cidade e demonstram suas expectativas. “Eu espero que agrade, eu sei como vocês são exigentes e já produziram grandes humoristas”, diz a dramaturga. A atriz, faz coro: “cada cidade tem uma cultura específica, tem formas de rir diferentes. Pra gente, é uma grande alegria, ir a Fortaleza”.
Serviço
Riso Nervoso
Quando: sexta-feira, às 20 horas; sábado, às 18 horas e 20h30; domingo, às 19 horas
Onde: avenida Pessoa Anta, 287
Quanto: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)
Vendas: a partir de hoje às 10 horas, apenas na bilheteria.
Mais informações: (85) 3453 2770

Iury Figueiredo

TAGS