PUBLICIDADE
Shows e Espetáculos
Roteiro

Cinco espetáculos para assistir em Fortaleza nesta semana

De 9 a 15 de abril a Capital recebe uma programação de espetáculos gratuitos e pagos

14:12 | 09/04/2018

Foto: Divulgação
 

Teatros de Fortaleza recebem uma vasta programação de espetáculos durante esta semana, com peças, musical e apresentações de dança, para os mais diversos públicos. Na agenda, estão desde grupos de artes cênicas do Estado até artistas conhecidos em todo o País, como Elisa Lucinda e Carlos Vereza. Confira roteiro preparado pelo Vida&Arte:

“Parem de Falar Mal da Rotina”, de Elisa Lucinda

A poeta, cantora e atriz Elisa Lucinda estará Caixa Cultural Fortaleza, para comemorar os 15 anos de apresentação do espetáculo “Parem de Falar Mal da Rotina”, que já viajou por diversas cidades brasileiras e chegou a ser encenado em teatros de Espanha e Portugal. De 12 a 15 de abril, a atriz discute com o público a rotina e as possibilidades de manter um estilo de vida prazeroso. Com forte participação da plateia, o espetáculo possui o traço de ser constantemente renovado e nunca se repetir.

Os ingressos, nos valores de R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia), estarão disponíveis a partir desta quarta-feira, 11, na bilheteria da Caixa Cultural Fortaleza, com funcionamento de 10 às 20 horas.

Quando: de quinta-feira, 12, a sábado, 14, a partir das 20 horas; no domingo, 15, às 19 horas

Onde: Caixa Cultural Fortaleza (avenida Pessoa Anta, 287 - Praia de Iracema)

Quanto: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)

Foto: Edu Araújo/Divulgação
 

“Agulha no Vinil” do grupo Vitrola Nova

Com nove anos de atuação na música e no teatro de Fortaleza, o grupo independente Vitrola Nova leva à sala teatro Nadir Papi Sabóia, no Theatro José de Alencar, o espetáculo “Agulha no Vinil”. Com a direção musical de Carlos do Valle e a direção cênica de Bruno Mariano, o musical faz uma travessia pelo repertório que marcou a história do grupo. Os sete membros do coletivo, entre cantores e banda, apresentam desde Frank Sinatra, ao rebolado da Gretchen, passando pelas composições de Fausto Nilo.

Este vasto repertório chega ao público nos dias 14 e 15 de abril, sempre às 18h30min. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

Quando: sábado e domingo, 14 e 15, às 18h30min

Onde: Theatro José de Alencar (rua Liberato Barroso, 525 - Centro)

Quanto: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

Foto: Divulgação
 

“Iscariotes”, de Carlos Vereza

Ainda compondo as comemorações das seis décadas do Cineteatro São Luiz, o equipamento recebe a peça “Iscariotes”, do ator e diretor Carlos Vereza. A peça reconta a história cristã com base no Evangelho de Judas Iscariotes, encontrado em um deserto egípcio em 1978. O livro é um dos muitos que foi descartado durante a unificação da Bíblia Sagrada, feita em 178 d.C. pelo bispo Irineu de Lyon. No espetáculo, Carlos Vereza tenta compreender o apóstolo Judas Iscariotes, responsável, segundo a Bíblia, por trair Jesus Cristo e entregá-lo aos soldados de Roma.

A polêmica reinterpretação da história cristã sobe ao palco do Cineteatro São Luiz no sábado, 14, às 20 horas, e no domingo, 15, às 18 horas. Com valores de R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia), os ingressos estão disponíveis na bilheteria do Cineteatro ou por meio do site Tudus.

Quando: sábado, 14, às 20 horas e domingo, 15, às 18 horas.

Onde: Cineteatro São Luiz (rua Major Facundo, 500 - Centro)

Quanto: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)

“Gala de Dança” da Escola de Ballet Goretti Quintela

Visando arrecadar fundos para a participação de festivais em vários estados do País, os bailarinos da Escola de Ballet Goretti Quintela apresentam uma gala de dança que reúne as principais coreografias do grupo em 2017. O espetáculo acontecerá no Teatro do Dragão do Mar, às 19 horas da quarta-feira, 11. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

Quando: quarta-feira, 11, às 19 horas

Onde: Teatro do Dragão do Mar (rua Dragão do Mar, 81 - Praia de Iracema)

Quanto: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

Foto: Tim Oliveira/Divulgação
 

“Trinta e Duas” na Rede Cuca

A história de duas mulheres que enfrentam o isolamento do século XX em Fortaleza vai ser encenada em três equipamentos da Rede Cuca da Prefeitura da Capital. A desigualdade enfrentada pelos sertanejos que vêm para a Cidade e enfrentam as pressões financeiras da Metrópole é o que guia este drama, que une as personagens Marly e Eunice em um percurso feito ao lado dos trilhos de um trem.

A montagem é assinada pelos alunos da Turma de Princípios Básicos de Teatro 2016/2017, que estrearam a peça no ano passado como resultado de conclusão do curso no Theatro José de Alencar. Agora, o espetáculo será apresentado nos Cucas Barra (segunda-feira, 9, às 18 horas), Jangurussu (sábado, 14, às 18h30min) e Mondubim (sábado, 28, às 19 horas). A entrada é gratuita.

Quando: dias 9, às 18 horas, 14, às 18h30min e 28, às 19 horas

Onde: Cuca Barra (avenida Presidente Castelo Branco, 6417 - Barra do Ceará); Cuca Jangurussu (avenida Gov. Leonel Brizola, s/n - Jangurussu); e Cuca Mondubim (rua Santa Marlúcia, s/n - Mondubim)

Gratuita

 

IURY FIGUEIREDO