PUBLICIDADE
Jornal

As novas tendências para a fotografia de moda

TENDÊNCIA | Composição fotográfica lança novos olhares sobre a moda, priorizando leveza e naturalidade de ambiente e modelos

10/04/2018 01:30:00
NULL
NULL (Foto: )
[FOTO1]

Quantos caminhos há para a fotografia de moda? Muitos. Como uma caixa de espelhos em 360°, a fotografia para moda permite múltiplas visões. O que acontece é relacionado não só ao olhar de quem edita a foto desde o disparo na máquina, mas às tendências do comportamento em sociedade. Dentro desta composição, sempre influenciada por novos agentes e fatores da moda, entre modelos, estilistas, e criações que as identificam, a estética, hoje, é mais leve.


A percepção de Nicolas Gondim, que assina o acervo de fotos do Dragão Fashion, agora DFB Festival, com 19 anos de história, é atribuída a gestuais mais simples e “estranhos”, percebidos, hoje, talvez, por esta leveza e consciência corporal dos modelos na hora dos ensaios. “Mais uso de luz natural, luz do sol, menos uso de flash e luz elaborada”, como imprimiu no trabalho para a coleção Raízes, da estilista cearense Gisela Franck.


Neste sentido, com cenários também ligados a um tema mais intimista, mais próximo da história do indivíduo que veste a marca ou aquele mood. “Isso veio mesmo como ‘novo’ nos anos 1990, no trabalho da Corinne Day (corinneday.co.uk/fashion). Uma foto famosa dela que registra bem isso é uma capa da The Face com a Kate Moss. Nos anos 80, tudo era mais plástico, estético e maximalista, daí essa onda naturalista vir como uma resposta a todo esse excesso oitentista. Invadindo não só a fotografia, mas a arquitetura, o vestuário…”, observa Nicolas.


Entre as referências que alimentam o olhar do fotógrafo estão, além de Corinne Day, inglesa, Wolfgang Tillmans, Juergen Teller (foto ao lado) e Ryan McGinley. “Um marco dessa nova imagem são as campanhas da marca Marc Jacobs pelo alemão Juergen Teller. Em 1998 eles iniciaram uma parceria onde ele fotografa as campanhas da marca com o seu olhar diferenciado. Depois ele também passou a fazer as imagens da Vivienne Westwood”, cita.


A artista Viviane Sassen, de Amsterdã, completa o “quadro”. “O trabalho dela está tanto no fine art quanto na moda. Na moda ela bebe nos anos 1990, mas mistura esse naturalismo com uma coisa mais ‘artsy’, com corpos abstratos, geometria e lindas cores!”, explica Nicolas.


Se é possível identificar um novo olhar para a fotografia de moda, para o professor de fotografia da Universidade Federal do Ceará (UFC), Fernando Maia, responsável pela disciplina aplicada à moda, isso se revela com uma tendência que, segundo ele, continua forte desde o ano passado, com o gênero fluido na fotografia de moda.


Robert Mapplethorpe (1946 -1989) foi um dos fotógrafos que antes mesmo do movimento trazido à tona novamente, já trabalhava com essa perspectiva, dando outra pegada à moda. Mais recente: Kristin Lee-Moolman; a holandesa citada por Nicolas Gondim, Viviane Sassen; e Craig McDean.


Fernando ainda abre caminho para a “descoberta” de “Rob Lebow e Masha Kupets e a fotografia mais famosa do mundo, por Annie Leibovitz com Ellen DeGeneres, sem contar quase tudo do La Chapelle”, sugere o professor para pesquisa.

[FOTO2]

%2b CONCEITUAL


TALENTO CEARENSE

No último mês, um jovem fotógrafo cearense, Leonardo Pequiar, emplacou uma de suas fotos de moda no portfólio online na Vogue Itália. Envolvido com a fotografia desde 2010, foi no ano passado que ele conseguiu mergulhar de vez no mundo da moda. A foto que leva o peso do logo italiano saiu de um editorial para os estilistas Francisco Matias e Lindebergue Fernandes, com peças do DFB Festival 2017. “A minha visão fotográfica na moda é visar algo estranho e modelar com poses consagradas nas décadas de 1980, 1990, além de visar também as tendências”, comenta Leonardo. “Eu vejo que a fotografia de moda, ela vem sendo moldada de toda forma possível para atingir as pessoas seja: fotos Tumblr; fotos políticas; fotos ousadas; fotos peculiares; fotos sem sentido; fotos com sentimento; e por aí vai. Para cada fotografar, uma maneira de enxergar adiante. Essa é a minha”, diz o fotógrafo.

 

SOB A LUZ

[FOTO3]

NOVOS OLHARES

A dupla de cearenses Victor Gomes (@jotavef) e Icaro Reis (@iicaroreis) fotografa e dirige fotos com um filtro muito próprio, deles, mas também da onda Instagram. Com um aspecto de foto antiga - a maioria delas -, Victor e Icaro apostam na luz natural como principal recurso para os cliques de moda. Seu último trabalho, para a marca Malwee, mostra bem isso, como também a foto acima, de outro ensaio, extraído da rede social.

 

Jully Lourenço

TAGS