IZA confirma show no Festival Vida&Arte
PUBLICIDADE
Notícias


IZA confirma show no Festival Vida&Arte

Cantora carioca apresenta novo show do recém-lançado disco Dona de mim. No repertório, os sucessos Pesadão e Ginga

16:47 | 30/05/2018
NULL
NULL

[FOTO1]

“Eu quero que a minha obra seja inspiração para outras mulheres”. Nascida em Olaria, bairro do subúrbio carioca, a cantora IZA estourou nas paradas musicais no ano passado, mas já consolida uma carreira no pop muito bem demarcada. Intérprete do hit Pesadão, que acumula mais de 140 milhões de visualizações no Youtube, a artista volta a Fortaleza para apresentar seu primeiro álbum, Dona de Mim. O show da cantora será realizado no Festival Vida&Arte, no dia 24 de junho, às 21h30min.


Lançado no último dia 27 de abril, o CD é versátil: a cantora une hip hop, pop, R&B, jazz, blues, rap, samba e até influências da capoeira nas 14 faixas. “Ele é muito diverso, mas ele ainda é black music”, ressalta IZA. “Quando criamos esse álbum, eu quis colocar tudo o que mais gosto de cantar. Minha inspiração para esse disco foi em vibes, em sensações. A ideia foi criar um trabalho novo”.


A multiplicidade de sons também se reflete nas parcerias musicais. Além de Marcelo Falcão (O Rappa) e do rapper Rincon Sapiência nas duas faixas anteriormente conhecidas pelo público, o disco traz participações de Ivete Sangalo, DJ Ruxell, Carlinhos Brown, Gloria Groove e Thiaguinho. Segundo IZA, as canções foram criadas pensando em cada um dos convidados.


Voz ativa contra o racismo e o machismo, o engajamento sociopolítico da obra de IZA também merece destaque. Em suas letras, a cantora vai além do romance e das festas, enaltecendo a força, o equilíbrio e a superação. Sem esquecer de onde veio, IZA afirma “Hoje como filé/ Mas eu já roí o osso” na canção Linha de Frente e avisa na faixa-título: “Sempre fiquei quieta, agora vou falar/ Se você tem boca, aprende a usar”. Ao lado das dançantes Bateu e Rebola, a liberdade sexual feminina é pautada em Lado B e É Nóix com muito swing. Mas o protagonismo da mulher negra é seu ponto forte e, no verso “Fé na sua mandinga”, em Ginga, IZA reafirma seu posicionamento.


“Eu lembro a menina que eu era e sei como era importante me ver nos lugares, me sentir representada, ter uma mulher forte me dizendo todos os dias que eu posso e que quem sabe sou eu. Então, sempre que eu puder, quero passar essa mensagem através do meu trabalho. Acho que se tem conquistado muito em prol da mulher, mas ainda falta muito. Não somente em prol da mulher, mas principalmente da mulher negra”. Ela completa: “O que eu quero cada vez mais é conseguir oportunidades para que todas essas mulheres tenham lugar de protagonismo também”.


Para o Festival Vida&Arte, a cantora promete cantar novas composições. “Tudo no show é pensado para que a música seja apresentada da melhor forma para o público, que pode aguardar muita energia, muita dança. Espero que todos se divirtam muito”.

“Eu quero que a minha obra seja inspiração para outras mulheres”. Nascida em Olaria, bairro do subúrbio carioca, a cantora IZA estourou nas paradas musicais no ano passado, mas já consolida uma carreira no pop muito bem demarcada. Intérprete do hit Pesadão, que acumula mais de 140 milhões de visualizações no Youtube, a artista volta a Fortaleza para apresentar seu primeiro álbum, Dona de Mim. O show da cantora será realizado no Festival Vida&Arte, no dia 24 de junho, às 21h30min.


Lançado no último dia 27 de abril, o CD é versátil: a cantora une hip hop, pop, R&B, jazz, blues, rap, samba e até influências da capoeira nas 14 faixas. “Ele é muito diverso, mas ele ainda é black music”, ressalta IZA. “Quando criamos esse álbum, eu quis colocar tudo o que mais gosto de cantar. Minha inspiração para esse disco foi em vibes, em sensações. A ideia foi criar um trabalho novo”.


A multiplicidade de sons também se reflete nas parcerias musicais. Além de Marcelo Falcão (O Rappa) e do rapper Rincon Sapiência nas duas faixas anteriormente conhecidas pelo público, o disco traz participações de Ivete Sangalo, DJ Ruxell, Carlinhos Brown, Gloria Groove e Thiaguinho. Segundo IZA, as canções foram criadas pensando em cada um dos convidados.


Voz ativa contra o racismo e o machismo, o engajamento sociopolítico da obra de IZA também merece destaque. Em suas letras, a cantora vai além do romance e das festas, enaltecendo a força, o equilíbrio e a superação. Sem esquecer de onde veio, IZA afirma “Hoje como filé/ Mas eu já roí o osso” na canção Linha de Frente e avisa na faixa-título: “Sempre fiquei quieta, agora vou falar/ Se você tem boca, aprende a usar”. Ao lado das dançantes Bateu e Rebola, a liberdade sexual feminina é pautada em Lado B e É Nóix com muito swing. Mas o protagonismo da mulher negra é seu ponto forte e, no verso “Fé na sua mandinga”, em Ginga, IZA reafirma seu posicionamento.


“Eu lembro a menina que eu era e sei como era importante me ver nos lugares, me sentir representada, ter uma mulher forte me dizendo todos os dias que eu posso e que quem sabe sou eu. Então, sempre que eu puder, quero passar essa mensagem através do meu trabalho. Acho que se tem conquistado muito em prol da mulher, mas ainda falta muito. Não somente em prol da mulher, mas principalmente da mulher negra”. Ela completa: “O que eu quero cada vez mais é conseguir oportunidades para que todas essas mulheres tenham lugar de protagonismo também”.


Para o Festival Vida&Arte, a cantora promete cantar novas composições. “Tudo no show é pensado para que a música seja apresentada da melhor forma para o público, que pode aguardar muita energia, muita dança. Espero que todos se divirtam muito”.

Serviço

IZA no FVA

Quando: dia 24 de junho, às 21h30min

Quanto: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) - válido para toda a programação do dia no evento (o acesso às atrações está sujeito à lotação dos espaços onde elas se apresentarão)

Onde: Centro de Eventos do Ceará (av. Washington Soares, 999)

Ingressos à venda no site festivalvidaearte.com.br; Sede do Grupo de Comunicação O POVO (avenida Aguanambi, 282 - José Bonifácio)

Lojas JEFF (RioMar Fortaleza e Iguatami Fortaleza)

Programação completa: www.festivalvidaearte.com.br 
TAGS