PUBLICIDADE
Exposições e Cursos
ATÉ JANEIRO

Edital do 69º Salão de Abril é aberto para consulta pública

13:25 | 22/12/2017

O Salão de Abril Sequestrado aconteceu neste ano em 15 espaços de Fortaleza, realizado sem suporte da Prefeitura de Fortaleza. Foto: Divulgação
A prefeitura de Fortaleza disponibilizou nesta sexta-feira, 22, o edital da 69ª edição do Salão de Abril para consulta pública da população, que pode enviar sugestões para o setor de protocolo da Secultfor ou pelo email salaodeabril2018@gmail.com. As alterações podem ser enviadas até 21 de janeiro.

Até o momento, o edital prevê a selecioção de 30 trabalhos artísticos de temática livre que serão expostos na Casa do Barão de Camocim do dia 13 de abril até 17 de junho. Os quatro primeiros colocados serão premiados com os valores de R$ 15 mil, enquanto os demais ganham R$ 5 mil cada um.

A seleção competitiva é aberta exclusivamente para artistas radicados no Ceará, mas obras de todo o País podem compor salas especiais, impossibilitados de receber qualquer premiação. As inscrições são gratuitas com datas ainda não definidas pelo edital.

Leia também: Salão de Abril Sequestrado: Um pouco de oxigênio

 

Salão de Abril Sequestrado tem aberturas em diversos espaços de Fortaleza

A divulgação deste material já era prometida pela Secultfor depois de diversos episódios envolvendo a 68ª edição do Salão de Abril, que aconteceria neste ano de 2017, promovido pela Prefeitura. O que ficou conhecido como Salão de Abril Sequestrado  foi resultado do protesto de artistas do Estado após ficarem sem resposta da Prefeitura sobre a execução do evento.

De 28 de setembro a 30 de outubro, 15 espaços em Fortaleza, desde galerias até praças e residências, receberam o Salão de Abril Sequestrado. Foram 161 propostas entre intervenções e obras de artes plásticas e visuais, que fizeram parte desta edição.

Em entrevista ao O POVO, concedida em outubro, o secretário de cultura do Município, Evaldo Lima, reconheceu como legítimo o Salão de Abril Sequestrado. Neste edital lançado hoje, o evento é referenciado:

"Em 2017 a 68ª edição do o Salão de Abril teve sua realização executada novamente por artistas independentes e sem apoio financeiro do Poder Público. Foi denominado pelos  artistas por Salão Sequestrado".Confira o edital aqui.

Redação O POVO Online