PUBLICIDADE
Carnaval
FOLIA

Veja dicas de como segurar o pique no Carnaval sem comprometer a saúde

Quando o corpo perde 2% de água já começamos a sentir sede; se o nível de perda sobe e fica entre 4% e 6%, começamos a sentir tontura e até uma sensação de desmaio

28/02/2019 16:38:01
Mistura de frutas pode ajudar a manter energias durante o carnaval (Foto: Divulgação/Nossa Fruta)
Mistura de frutas pode ajudar a manter energias durante o carnaval (Foto: Divulgação/Nossa Fruta)

Cinco dias de folia já batem na porta dos foliões para o Carnaval 2019, que inicia nesta sexta-feira, 1°. Seja na rua, atrás de um trio elétrico, na praia ou em festas à fantasia, o carnavalesco precisa redobrar os cuidados com o corpo para manter a energia durante a folia espalhada em Fortaleza e em todo o Estado do Ceará.

“O primeiro passo para manter o pique no Carnaval de uma maneira saudável é uma alimentação balanceada diária e focar em alimentos que melhoram o nosso sistema imunológico, como as frutas cítricas. Já que é comum nesta época de Carnaval, devido a períodos sem dormir e comer adequadamente, que o nosso sistema imunológico tenha uma baixa”, pontua o nutricionista Leandro Cacau.

Listen to "#23 - Assédio no Carnaval" on Spreaker.

COMBINADOS. Suco energizante que mistura coco, abacaxi, gengibre e couve manteiga; ou suco de abacaxi com hortelã; suco de laranja com cenoura; maracujá com cenoura, ou laranja com beterraba e cenoura.

SIMPLES. Se o dinheiro for pouco, já que o 5° dia útil não chegará até o Carnaval, tente os mais simples: sucos de acerola, abacaxi, laranja, maracujá, limão, cajá, caju, são ótimas fontes de nutrientes, como a vitamina C.

SEM PANELADA. Alimentos gordurosos retardam a digestão e podem causar desconforto na hora da folia. É importante refeições mais leves, como inclusão de peixes, frangos e ovos - alimentos fontes de glutamina, um nutriente atuante no sistema imunológico.

FÍGADO PROTEGIDO. Suco da polpa de maracujá, com raspas de gengibre, água, pode adoçar com colher de mel, e acrescentar água de coco. Depois, é só bater tudo no liquidificador e tomar.

ATENÇÃO: Quando o corpo perde 2% de água já começamos a sentir sede; se o nível de perda sobe e fica entre 4% e 6%, sentimos tontura e até uma sensação de desmaio.

“Tomar um suquinho é uma forma gostosa de se hidratar. Além de permitir que o cérebro volte a trabalhar de uma forma correta”, destaca a nutricionista Sandra Moura. A especialista alerta, porém, para a mistura do suco com a bebida alcoólica. “O nutriente do suco que é o importante não vai ser bem absorvido por conta do álcool. É mais para saborizar, para ter um efeito visual bonito no copo; já o nutricional, você acaba perdendo. Mesmo assim, você precisa se hidratar. O órgão mais afetado é o fígado”.

Energéticos

Sandra também não aconselha a mistura de energéticos com bebidas alcoólicas. “A bebida deixa sonolento, apesar de deixar mais eufórico num primeiro momento. O outro é um estimulante. Seu organismo não entende. Você quer repousar ou ficar ativo?”, questiona. A nutricionista pontua que o estimulante pode provocar um “piripaque”.

DICA: O conselho é tomar um suco e botar um pouco de pó de guaraná.

Por isso, para quem gosta de energético e não quer abandoná-lo durante a folia, a dica é tomar os estimulantes antes de beber. E, só depois, ingerir álcool. A história muda se tomar em momentos diferentes.

ATENÇÃO: Olhar o que tem no rótulo dos energéticos e observar a composição dos estimulantes. Pode ter alguma substância que seu corpo não aceite bem.

Italo Cosme/ especial para O POVO