PUBLICIDADE
Carnaval
saúde

Confira dicas para evitar ou curar a ressaca de Carnaval

Uma boa alimentação e muita hidratação são fatores que inibem os efeitos adversos do álcool

14:27 | 12/02/2018
foliões curtindo em Aracati
(Foto: Júlio Caesar/ O POVO)
Tempo de Carnaval é tempo de suar, dançar e tomar aquela cerveja gelada, mas alguns cuidados são essenciais para evitar a velha conhecida ressaca e as dores de cabeça no dia seguinte. A explicação para esse desconforto está na dificuldade do nosso organismo de absorver grandes quantidades de bebida alcóolica. Por isso, uma boa alimentação e muita hidratação são fatores que inibem os efeitos adversos do álcool.
 
Antes mesmo de começar a beber, sua ressaca no próximo dia pode estar pré-determinada. É importante estar bem alimentado e evitar comidas "pesadas". Procure alimentos que fortaleçam a atividade do fígado, pois este órgão é responsável por filtraR o álcool que entra no nosso corpo.
 
O POVO Online separou alguns dicas para evitar e curar a ressaca carnavalesca:
 
Antes e durante
Hidratação é essencial em todas as etapas. Beber muita água ajuda reabastecer nossas reservas líquidas já que o álcool desidrata o corpo. Entre uma cerveja e outra (ou entre uma dose e outra) beba água. Leve uma garrafinha e deixe sempre abastecida. Manter os níveis de glicose também é essencial. Uma barrinha de chocolate ou um doce podem resolver. 
 
Beber de estômago vazio não é uma opção. Tente se alimentar até a hora de sair de casa ou então, se estiver com fome, coma assim que chegar ao local.
 
Depois 
Se você sentir que a ressaca vai te pegar no dia seguinte, o que pode ser feito é reduzir os danos. Ao chegar em casa da festa, beba muita água e se estiver se sentindo bem, coma. Quando acordar, analgésicos podem te ajudar com a dor cabeça. Chá e coca-cola são boas opções para dar aquela reanimada. Se alimente bem e evite comidas pesadas ou gordurosas. 

MATHEUS FACUNDO