Participamos do

SPFW: de olho no futuro, Lino Villaventura volta com nova coleção

Desfile do estilista radicado no Ceará encerrou o quarto dia da 52ª edição do São Paulo Fashion Week (SPFW), evento realizado até o último sábado no Parque Ibirapuera e encerrado domingo, no Rio, com apresentação especial da coleção de 30 anos da Lenny Niemeyer
09:31 | Nov. 22, 2021
Autor Jully Lourenço
Foto do autor
Jully Lourenço Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A retomada dos desfiles presenciais, trouxe a volta de um dos mais célebres estilistas brasileiros, o estilista paraense radicado no Ceará, Lino Villaventura. Após se apresentar com um fashion film nos 25 anos do São Paulo Fashion Week (SPFW), no final de 2020, e pular sua última edição, no semestre anterior deste ano, Lino marcou sua volta com a estreia também da semana de moda de volta ao presencial, em formato híbrido. O desfile foi na última sexta-feira, 19, encerrando o line-up do quarto dia de evento no Pavilhão das Culturas Brasileiras no Parque Ibirapuera.

"Somente para convidados com número restrito e carta de Vacinação.", informou comunicado do estilista em sua rede social. No perfil, também deu mais detalhes, antes da apresentação ao público.

"Sob a emergência de um colapso ambiental sem precedentes, as artes, o design e a moda resgatam storytelling futurista como uma ferramenta de alerta vermelho sobre a urgência de regeneração da vida do planeta." menciona texto do jornalista Jackson Araújo na postagem republicada por Lino. Nela, destaca o futuro por meio da expressão de moda grifada pelo autor dos looks.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Lino aciona repertório estético de guerreiros do futuro e pelo futuro, apostando nos seus clássicos exercícios de upcycling. É alta-costura brasileira em desconstrução radical.", declara Jackson, ele, comunicólogo ativista da sustentabilidade, ligado ao projeto Trama Afetiva.

Na passarela, modelos veteranas como musas do estilista. Vivi Orth e Corvina. O modelo Nick Parker (nomeado Rei Star Sci-Fi no desfile) fez a abertura do momento, dando início ao "show".

Lino, conhecido não só por seu traço estilístico, autêntico com a criação de nervuras e de uma exímia construção de "manta de retalhos", que chega a desafiar, como a propor um "novo" ao chique - e ousado, com modelagens impensadas -, põe em questão, além disso, seu olhar performático em ação. Os desfiles do estilista são sempre um dos mais aguardados da noite de SPFW. Desta vez, após um tempo distante, garantiu mais um para a história, dele e da semana de moda.

Os desejos, misturados às roupas, na passarela, se fundiram com o sentimento de "amanhã", projetado pela estilista e antecipado, no mundo agora do lado de fora, pelo "pós-pandemia".

Colunistas sempre disponíveis e acessos ilimitados. Assine O POVO+ clicando aqui

Podcast Vida&Arte

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker. Confira o podcast clicando aqui

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags