Participamos do

Lorde regrava faixas de ‘Solar Power’ em idioma nativo da Nova Zelândia

Regravação das músicas do último álbum, lançado no fim do mês passado, aconteceu após a cantora descobrir que um dos princípios dos neozelandeses é a valorização do meio ambiente
20:25 | Set. 09, 2021
Autor Marília Serpa
Foto do autor
Marília Serpa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Nesta quinta-feira, 9, a cantora Lorde lançou um EP com faixas regravadas do álbum “Solar Power” na língua maori, idioma nativo da Nova Zelândia. A ideia surgiu após a artista descobrir que a valorização da natureza, abordagem do seu último disco, é um dos princípios dos neozelandeses. As informações são do portal Uol.

Nascida e crescida na Nova Zelândia, a cantora escolheu o nome “Te Ao Marama” (mundo da luz, em português) para o novo álbum, sendo composto por cinco regravações das faixas de seu último disco lançado no fim do mês passado. Para que as traduções fossem feitas, a artista contou com o auxílio de especialistas, como anciões maori, para evitar possíveis erros. Apesar de ser neozelandesa, ela não entende o idioma. Para as adaptações das músicas, ela também contou com tradutores.


Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

“Descobri muitas coisas enquanto produzia este álbum, mas o principal foi que muitos dos valores que giram em torno de cuidar e escutar a natureza vem dos princípios maoris. É também uma língua linda, eu amei cantar nela”, afirmou a cantora na entrevista ao portal Spinoff. "Mesmo que você não entenda o idioma, vai se impressionar com o quão elegantes minhas letras soam", completa.

As faixas regravadas foram "Solar Power", "The Path", "Stoned At The Nail Salon", "Fallen Fruit" e "Oceanic Feeling". Os lucros que Lorde conseguir faturar com o novo disco serão revertidos para duas instituições filantrópicas da Nova Zelândia: Forest and Bird, que atual em proteção ao meio ambiente, e Te Hua Kawariki Charitable Trust.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags