PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Morre o chargista Lan, aos 95 anos, no Rio

Artista estava internado há dois meses no Hospital da Beneficência Portuguesa, na cidade de Petrópolis

10:58 | 05/11/2020
O artista nasceu na Itália e dedicou parte de sua obra para a cultura carioca (Foto: Reprodução/Youtube)
O artista nasceu na Itália e dedicou parte de sua obra para a cultura carioca (Foto: Reprodução/Youtube)

O chargista do O Globo Lanfranco Aldo, mais conhecido como Lan, morreu na noite dessa quarta-feira, 4, aos 95 anos, em decorrência de pneumonia e infecção urinária. Lan estava internado há dois meses no Hospital da Beneficência Portuguesa, na cidade de Petrópolis, Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pela família do chargista ao portal O Globo.

O artista nasceu na Itália e dedicou parte de sua obra para a cultura carioca, como charges da beleza feminina do Rio de Janeiro. Além disso, Lan trabalhou em jornais do Uruguai, Argentina e França. Em 1952, ele foi convidado por Samuel Wainer a trabalhar no Brasil, no Última Hora. O artista também passou pelo Jornal do Brasil e pelo O Globo, no qual assinava a coluna "Cariocaturas".

Lan será enterrado na tarde desta quinta-feira, 5, no Cemitério de Itaipava, em Petrópolis, cidade onde viveu por 40 anos. O horário do sepultamento ainda não está definido.