PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Captain Tsubasa ganha adaptação para videogame; confira crítica

Captain Tsubasa: Rise of New Champions mistura futebol, ação e aventura e leva famosa animação japonesa ao campo dos videogames

15:29 | 29/09/2020
Captain Tsubasa: Rise of New Champions teve sua estreia em agosto de 2020 (Foto: Divulgação)
Captain Tsubasa: Rise of New Champions teve sua estreia em agosto de 2020 (Foto: Divulgação)

"Super Campeões", nome adotado apenas no Brasil, reside no imaginário brasileiro há décadas. Mundo afora, há quase 40 anos, estreava o mangá. Pouco tempo depois, o anime chegaria aqui nos anos 1990 e faria parte da era de ouro da animação japonesa no país.

Seu enredo principal conta a história de um menino com o sonho de jogar pelo Japão na Copa do Mundo. O conto do garoto de sobrenome Tsubasa influenciou muitos, até estrelas como Messi, Mbappé e, é claro, Neymar Jr.

A narrativa se mantém atual até hoje por sua simplicidade e pelos valores que sempre trouxe: sonhar alto, amizade, competição e liderança são alguns dos pilares que transportaram Capitão Tsubasa pelo tempo e o trouxeram até "Rise of New Champions".

O jogo traz modos para um ou vários players. Duas campanhas singleplayer estão disponíveis. A primeira foca na jornada de Tsubasa Ozora - ou Oliver Tsubasa, como era conhecido o protagonista do anime no Brasil - em busca de jogar na Copa do Mundo. A campanha é curta, mas adorável.

No segundo modo narrativo, o jogador pode criar seu personagem e embarcar em uma jornada própria, escolhendo em qual escola começar e interagindo com personagens icônicos da animação. O próprio game recomenda que a jornada de Tsubasa Ozora seja concluída primeiro. O motivo é que a evolução do seu avatar se dá a partir da adoção das habilidades dos demais personagens.

Durante as campanhas, algumas sequências narrativas ocorrem por meio de diálogos super longos e desengonçados. Alguns chegam a acontecer durante as partidas, interrompendo o fluxo do jogo e, às vezes, roubando do jogador a empolgação do momento. Felizmente a experiência é majoritariamente focada na ação dentro do campo de futebol. É excelente!

A maior parte do gameplay acontece entre as quatro linhas durante as partidas. No entanto, o game extrapola passes, chutes e gols. Marcar mais gols que o adversário antes do apito final continua sendo essencial, mas a dinâmica do jogo adota elementos de outros gêneros para tornar cada disputa algo maior. Os goleiros, por exemplo, agem como chefões em um game. Chutes ao gol não surtirão efeito até que o medidor de estamina do goleiro baixe consideravelmente. Jogadas que culminam em chutes especiais baixam mais rápido a barra, porém chutes de personagens sem poderes especiais são também cruciais e podem decidir uma partida tanto quanto os ataques das estrelas do time.

Por meio de ações específicas ou combinações de jogadores, cenas animadas acontecem, sinalizando ataques poderosíssimos que, às vezes, resultam em gol, exceto quando são bloqueados por jogadas combinadas entre os defensores do time adversário. Há também a habilidade chamada “V-Zone”, que funciona como um especial do time inteiro e deixa todos os jogadores mais rápidos e habilidosos. Principalmente em partidas contra outro jogadores, mas também contra a inteligência artificial, cada partida em "Capitão Tsubasa: Rise of New Champions" apresenta elementos estratégicos que simplesmente não existem em um FIFA ou PES atualmente.

Em termos visuais, a desenvolvedora Tamsoft pegou emprestado e implementou com maestria o estilo da versão mais recente do anime dentro do game. Mesmo em campo durante a jogatina, a direção de arte mantém o charme do material original o tempo inteiro. Especialmente para os fãs do mangá ou da animação, é visualmente deslumbrante ver cenas clássicas animadas em três dimensões durante vários momentos do game.

Apesar de ser essencialmente um videogame de futebol, os desenvolvedores apostaram corretamente ao implementar uma série de tutoriais e dicas rápidas que surgem durante as primeiras partidas. Isso ajuda aqueles que não tem familiaridade com as regras do futebol. Aos que forem familiarizados, há também a opção de desabilitar tais dicas.

Infelizmente ainda não há suporte a vozes dubladas em português brasileiro no game. Apesar de fortemente inspirado no anime que foi ao ar aqui no Brasil pela Cartoon Network, o game traz para o idioma local os menus e os diálogos escrito. A narração das partidas e as vozes de todos os personagens se mantém no idioma japonês, mantendo a autenticidade da obra original.

Mesmo que futebol não tenha apelo global no meio gamer do país, "Captain Tsubasa: Rise of New Champions" é um game que pode agradar até aqueles que nunca visitaram um estádio na vida. Com mecânicas de jogos de fácil compreensão e arcos narrativos cativantes, o game oferece bem mais do que apenas uma versão japonesa de um jogo de futebol. Ainda assim, aos que buscam desafios, a inteligência artificial e o próprio modo de multiplayer online garantem que, mesmo após finalizar as duas campanhas, há muito a se curtir neste título.

O jogo oferece uma mistura interessante de jogabilidade, ação e história. Muita coisa pode acontecer em cada partida e, mesmo fora delas, há surpresas no caminho que irão certamente satisfazer amantes do mangá e do anime. Aos que não conhecerem a obra original, este pode ser um pontapé inicial.

"Captain Tsubasa: Rise of New Champions" está disponível para o Nintendo Switch, PS4, Xbox One e PC (Steam).

Davi Rocha é integrante do canal de Youtube Bacontástico

 Podcast Vida&Arte

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.