PUBLICIDADE
Vida & Arte
NOTÍCIA

Sul-coreano "Parasita" é o grande vencedor do Oscar 2020

A vitória do filme de Bong Joon-Ho marca a primeira vez que um filme em língua não-inglesa vence o principal prêmio da indústria do cinema dos EUA

João Gabriel Tréz
01:31 | 10/02/2020
"Parasita" ganhou a Palma de Ouro no Festival de Cannes e, agora, o Oscar (Foto: divulgação)
"Parasita" ganhou a Palma de Ouro no Festival de Cannes e, agora, o Oscar (Foto: divulgação)

E fez-se história no Oscar. Pela primeira vez na história, um filme cuja língua falada não é o inglês venceu o principal prêmio da noite na mais popular premiação de cinema dos Estados Unidos. O longa de Bong Joon-Ho levou ainda outros três troféus: Melhor Filme Internacional, Melhor Roteiro Original e Melhor Direção.

LEIA TAMBÉM | Democracia em Vertigem é desbancado por filme produzido pelo casal Obama no Oscar

O filme começou a bem-sucedida carreira no Festival de Cannes em maio de 2019, evento no qual levou a Palma de Ouro. A obra foi um sucesso de crítica e bilheteria, inclusive nos Estados Unidos, e chegou ao Oscar com status de favorita. Apesar disso, tinha que ultrapassar a barreira das legendas.

Clique na imagem para abrir a galeria

"Parasita" bateu filmes como "O Irlandês", "Era Uma Vez Em... Hollywood" e "1917". O sul-coreano tinha sido indicado a seis categorias, tendo levado quatro. O filme de Scorsese, que tinha 10 indicações, saiu de mãos vazias. Já "Era Uma Vez Em... Hollywood" levou dois prêmios - um sendo Melhor Ator Coadjuvante para Brad Pitt -, enquanto "1917" venceu três. "Coringa" confirmou favoritismo em Melhor Trilha Sonora e Melhor Ator para Joaquin Phoenix. Nas categorias femininas de atuação, também sem surpresas: Laura Dern levou Atriz Coadjuvante por "História de Um Casamento" e Renée Zellweger foi consagrada como Melhor Atriz por "Judy".