PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Vida&Arte é homenageado na Câmara dos Deputados

Deputada Luizianne Lins foi propositora da sessão que celebrou o caderno pelos seus 30 anos de publicação

09/08/2019 20:20:56
Luizianne Lins, requerente da homenagem ao Vida&Arte, e Cinthia Medeiros, jornalista e editora do caderno de cultura
Luizianne Lins, requerente da homenagem ao Vida&Arte, e Cinthia Medeiros, jornalista e editora do caderno de cultura(Foto: Miguel Silva)

O caderno Vida&Arte, do O POVO, foi homenageado nesta sexta-feira em Brasília pelos seus 30 anos de existência. De autoria da deputada federal Luizianne Lins (PT), a homenagem aconteceu na sala da Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados, em Brasília (DF).

Propositora do ato, a parlamentar cearense iniciou a reunião quebrando o protocolo para prestar homenagem ao ex-presidente do O POVO, jornalista Demócrito Dummar (1945-2008). "Pelo que ele foi e representou, pelas gerações que ele influenciou e pela pessoa que ele era. Impossível não falar hoje de Demócrito Dummar", disse Luizainne ressaltando a "postura ética" e a forma que Demócrito encontrou de fazer jornal. A memória de Demócrito saudou os anos de história e importância do Vida&Arte apresentado na fala da deputada em Brasília.

Para Luizianne, ao longo dessas décadas, a publicação veiculada pelo O POVO consolidou-se como espaço de destaque para manifestação da cultura cearense e nacional. "Suas páginas revelam talentos desconhecidos, além de consagrar artistas que levam diariamente, para um público diverso, literatura, teatro, pintura, escultura, música, arquitetura e cinema. Portanto, muito além do entretenimento, o caderno tem um importante papel de formação e educação para as artes", ressaltou.

Além de colocar o Vida&Arte como uma fonte de consulta sobre personalidades e acontecimentos que constroem a memória do nosso Estado, Luzianne Lins também destacou a forma como consegue, visual e textualmente, dar este alcance, saltando das páginas do O POVO para todo o Ceará. "Desde o início é um caderno de referência, com suas capas arrojadas, experimentações de linguagem, tipologias textuais e recursos visuais que valorizam a fotografia artística", justificou.

Além de receber a homenagem em nome do O POVO e da equipe Vida&Arte na solenidade na Câmara, a jornalista e editora do caderno, Cinthia Medeiros, comentou sobre o papel do caderno no cenário cultural e no fazer jornalístico. "Este ato, para além da alegria do reconhecimento a todos que fazem o jornal O POVO, em especial o caderno Vida&Arte há 30 anos, guarda elementos simbólicos muito representativos", disse ela destacando a atuação do Legislativo e da imprensa como instrumentos de construção cotidiana da própria história da população brasileira.

"A cultura, guardiã da nossa essência como um todo, e as expressões da arte, que nos levam a suplantar as barreiras da realidade dos nossos sonhos, se tornaram manifestações inúteis, na visão de alguns, infelizmente. Na contramão de tudo isso, estamos nós aqui, reafirmando o papel do legislativo em reconhecer uma instituição social, que é a imprensa, em seu papel na difusão e na defesa da cultura por meio do Vida&Arte", disse.

Esta é a quarta homenagem que o Vida&Arte recebe das casas legislativas por suas três décadas de atuação. O Senado Federal, Assembleia Legislativa do Estado do Ceará e a Câmara Municipal de Fortaleza já realizaram no início deste ano solenidades com este propósito. 

O Povo