PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Game coloca jogador na pele de uma inteligência artificial

07/06/2019 10:46:02
Novo título indie vira ao avesso as regras e transforma o
Novo título indie vira ao avesso as regras e transforma o "computador" em protagonista(Foto: Reprodução)

"Observation", da iniciante e já bem sucedida desenvolvedora No Code, é uma experiência interativa de muito suspense que se desenrola de forma linear, mas inova em pontos-chave de seu gameplay. A trama aqui se passa em um cenário incomum, uma estação espacial e coloca o jogador no controle de SAM, uma inteligência artificial (ou IA) reativada pela aparente única humana viva na estação, a astronauta e cientista Emma Fisher. Como IA da nave, SAM deve atender às solicitações de Emma e, junto dela, deve desvendar o mistério do desaparecimento dos demais astronautas da estação e do motivo da espaçonave se encontrar fora de sua órbita original.

Ao encarnar uma inteligência artificial, toda a movimentação e conjunto de interações do jogador é limitado ao que um computador de bordo é capaz de fazer. SAM enxerga através de câmeras espalhadas pelo ambiente. Para se mover, o jogador deve hackear pontos de acesso e objetos conectados à rede de comunicação da estação. Essa mudança na dinâmica de interação do jogo com seu ambiente virtual torna "Observation" uma experiência bastante diferente do usual.

Apesar de ser um dos maiores atrativos do game, o enredo de "Observation", por vezes, acaba atrapalhando o divertimento do jogador por complicar a compreensão de alguns objetivos outrora simples. Certas tarefas chegam a exigir noções técnicas de robótica e programação, o que torna a atmosfera sombria pretendida em um clima indesejado de aborrecimento. Em um dado momento, o jogador é forçado a procurar por uma astronauta que está flutuando fora da estação espacial. A falta de contraste entre a estação, que é toda pintada de branco, e o uniforme branco da astronauta dificultam a visualização e tornam o que seria um dos momentos mais tensos do jogo, em minutos de muita frustração.

As escolhas estilísticas em prol do realismo podem incomodar, no entanto, é inegável o efeito de imersão obtido pelos apelos visuais e auditivos que "Observation" exibe. Um permanente filtro visual granulado, acompanhado de efeitos de “glitch” - em que a tela de jogo apresenta interferências e falhas - vende muito bem o teor de realismo da experiência. Ademais, algumas cutscenes pré-programadas, com pontos de virada no enredo e surpresas inusitadas impressiona e prende a atenção do player.

"Observation" está disponível para Playstation 4 e para o PC (Epic Store).

Davi Rocha/ Especial para O POVO

TAGS